Seguidores

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

faz-me pensar...


È no vento das palavras que o frio toca no fundo de nós...
ha vento agreste, ou suave, tudo depende como o sentes
como o vives dentro de ti....
Há palavras que te acariciam, te mima...
outras que te ferem com como espadas, te fazem sangrar,
embora ninguém veja o sangue,
umas vezes quase que pára, outras só tu sentes....
È assim a vida.
Que temos talvez por erro de opção..., acreditar no que não deves
te acomodar pensares que o erro é teu
tu é que és inflequecivel....que sei eu....
sou um átomo de nada.
Pouco peço, nada recebo comparado com o que me dou...
para sofrer desilusões, afinal o que é amizade?
para que serve? são tantos os conceitos que acabo por não entender.
Para mim é mão amiga, é saber acarinhar, com um gesto , uma palavra
de conforto num momento menos bom,
È sorriso franco aberto, é  abraço forte ainda que não me toque
é o estar aqui, dar o tempo por uma causa
ainda que seja apenas para ver o outro/a sorrir,
só que faz sentir-te gente, nesse abraço...
Pena poucos entenderem o que é ser amigo
há os que nos usam , que apenas são amigos quando precisam de nós
desses eu quero distancia, Quando olho ao meu redor, fico assustada com tantos amigos
que são tudo menos amigos.LR:

faz-me pensar...


È no vento das palavras que o frio toca no fundo de nós...
ha vento agreste, ou suave, tudo depende como o sentes
como o vives dentro de ti....
Há palavras que te acariciam, te mima...
outras que te ferem com como espadas, te fazem sangrar,
embora ninguém veja o sangue,
umas vezes quase que pára, outras só tu sentes....
È assim a vida.
Que temos talvez por erro de opção..., acreditar no que não deves
te acomodar pensares que o erro é teu
tu é que és inflequecivel....que sei eu....
sou um átomo de nada.
Pouco peço, nada recebo comparado com o que me dou...
para sofrer desilusões, afinal o que é amizade?
para que serve? são tantos os conceitos que acabo por não entender.
Para mim é mão amiga, é saber acarinhar, com um gesto , uma palavra
de conforto num momento menos bom,
È sorriso franco aberto, é  abraço forte ainda que não me toque
é o estar aqui, dar o tempo por uma causa
ainda que seja apenas para ver o outro/a sorrir,
só que faz sentir-te gente, nesse abraço...
Pena poucos entenderem o que é ser amigo
há os que nos usam , que apenas são amigos quando precisam de nós
desses eu quero distancia, Quando olho ao meu redor, fico assustada com tantos amigos
que são tudo menos amigos.LR:

domingo, 28 de agosto de 2016

Talvez o nós.....


Olá!
O dia esta a passar , com ele vai mais um pouco da vida que me resta
este sentimento indefinido que anda dentro de mim.
Me pergunto porque havemos nós de querer sempre o que não podemos?
Porque, a vida tem de ser assim?
Sei estou consciente que só vou a onde posso ou devo ir
o tempo das loucuras já lá vai,...
Eu sei...meu coração menino atrevido, com manias de querer o que sabe
não pode ter, não se conforma...
Há como que uma luta interna do querer e poder...
nenhuma delas leva a melhor pois sei, que nem o mundo da razão
nem da emoção me dominam, tenho de ser eu a saber
o que quero , e para onde vou, dou a quem doer, não importa
tenho é que poder chegar ao espelho , olhar nos olhos do que me mostra
sem ter de baixar os olhos, tenho de saber isso, sentir assim.
Para me sentir bem comigo mesma, embora meu coração sofra
não importa, tenho de aprender a amar-me a mim mesma sem restrições
nesta viagem da vida, não carrego a mala de ninguém...
já foi arvore que deu sombra, aliviou cansaço...hoje sou apenas eu....
Talvez esteja a ser egoísta...azar, a vida é assim
já deixou de ser eu por ti ...tu por mim....agora....
vou ser eu mesma, da maneira
que menos gosto e mais me protege
eu, sempre eu e depois bem lá no fundo talvez por nós.LR

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Emoções



Tem dias assim....
em que o tudo parece nada
por seu lado, o nada é tudo...e porquê?
talvez porque exiges demais a vida
queres e não queres, ês incostante...
sair de uma letargia, em que nada sentes,
pode ser o céu na terra...ou o inferno...
já vi os dois....agora...agora nada...
resta saudade do que fui ou tive....
Andar adormecida, de emoções
é pela certa a maneira mais facíl....
acordar, para quê? para sentir o peito vazio
saudades de quem nem se lembra que um dia
a beira duma estrada, bebeu café ....
o melhor café que imaginar possas
não por ele, café....
porque estava com alguém muito especial
alguém que acordou o sonho
para de seguida o jogar na valeta,
para de seguida sem o menor pejo
o deitar no lixo...
assim é a vida, a tua e talvez
a de muitos outras pessoas...
Nunca faças o despertar de emoções que não sentes
só finges sentir.LR

sábado, 13 de agosto de 2016

crê...

Bom dia! Mundo...
seja alegre ou triste, só que seja, sempre, tudo em que crê e acredita.
 tem no coração coisas mais simples são por vezes bocadinhos , de algo demasiado precioso...
sentimentos, são parte do mundo dos afectos...
sem afectos ninguém vive , porque sem amor , seja ele por alguém ou alguma coisa, tens o coração vazio....
Falta o sorriso, a mão que acarinha,segurando a tua a dar-te alento...
è um mundo talvez sureal para quem quem só a razão conta, eu vejo o mundo com outro olhar.
Outro querer....não é porque me estendem a mão...essa mão tem de ser suporte para tudo, tem apenas de fazer sentir que não estas sozinha, de alguma maneira somos importantes para alguém.
no plano emocional. só e apenas isso.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

O Verão anda meio louco, uns dias calor abrasador, outros como esteve esta manhã, nublado e fresco, quase a raiar o frio.
Na vida nem tudo é , como desejamos, se olharmos com olhos de ver, chegamos a conclusão , que tirando muito pouco temos tudo para ser feliz.
Uma família linda, filhos e netos que amamos e nos respeitam , claro que há divergências na maneira de ver as coisas, nada de complicado, eu, do cimo dos meus 69 anos, eles da sua juventude, tinha de haver outro olhar, outra maneira de idealizar as coisas.
Eu vivi, tu vais viver, é a lei da vida que se cumpre,
Onde há amor e respeito tudo se faz , tudo se resolve.
Obrigada vida pela família e amigos/as que deste, nem tudo foram rosas, apanhei muitos espinhos, valeu a pena, com tudo aprendi, a estrada foi sinuosa, só que sempre valeu a pena,.LR