Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011
Como é bom rever amigos! amigos do coração.
Ando num mar de duvidas que quero combater, ando meio ao sabor de ventos e mares. Mas uma coisa não consigo alterar, o sentimento que nasceu em mim, e que por mais que tente e já tentei varias vezes colmatar, ele é mais forte, mais poderoso.
Um dia um amigo me disse que eu era o elo mais franco, como queria que estivesse enganado, mas não esta, é verdade . Não esta. E eu estou consciente disso tudo e muito mais. Mais é uma semente que germinou em mim e não tenho como arrancar do meu peito.
Francamente nem sei se quereria que murcha-se, pois apesar de pequenina frágil, quase insignificante, é o meu mundo, o meu tesouro guardado dentro do peito, e é nessa frágil semente que germinou e virou flor  que vou buscar alegria para viver os meus dias.
Vivo pendente, dessa flor e desse sol que irradia os meus dias, não tenho um sol pleno, um sol radioso como sonhei, tenho o seu brilho, que me entra pela janela e me aquece o coração.
Por vezes temos de …
A vida esta coisa boa ou má, que temos para viver.
A vida, este manancial de coisas misturadas que nos deixa ora alegre ora triste, a mim, tem o condão de mexer comigo, e me fazer andar num carrocel de emoções.
Uma vezes boas outras nem tanto.
 Mas de certeza que sempre sou eu mesma, ainda que como agora, eu esteja literalmente perdida, neste mar de ondas cavas onde me debato, calada.
Mas tinha de ser assim.  Quem sabe a vida tenha algo para me oferecer? quem sabe as coisas se resolvam de uma vez, por todas! peço tão pouco... quase nada , mas para mim é tanto. Tem tanto significado.
Nós adultos ditos grandes, somos tão pequenos confrontados com certas coisas, tão insignificantes, mas que doem cá dentro, vão corroendo, gastando as nossas emoções, as nossas reservas, e quando damos por isso, não temos capacidade de suportar, de saber o que afinal sempre ou quase sempre soubemos.
O tempo.
 Esse mestre que nos vai guiando e ensinando, e nos faz  andar em frente. Quem sabe poderá ter a sol…
Neste dia que começa, e se remova a esperança em minha vida, venho deixar meu carinho, a alguém muito especial, que a vida te seja doce, que a felicidade perdida seja tua companheira, e volte a trazer de volta tudo o que mais ambicionares.
Eu estou aqui como sempre.
 A tua espera . A espera do teu abraço. Do teu carinho.
O ter-te por perto é tudo que mais desejo, mas.... seja o que tiver de ser.
O meu abraço apertado, repleto de carinho, do carinho que só damos a quem amamos.
Dia feliz para todo o mundo.
Que o dia seja doce para todos, muito em especial para ti.
O AMOR VERDADEIRO

A tarde estava findando e o ar quente de verão aumentava o odor penetrante do mirto fazendo os insetos voar embriagados pelo perfume das flores. Aimée tocando no portão de entrada deu um grito de espanto. Um grande cão pulara sobre ela dando latidos estridentes de alerta. Davi surgiu na varanda e gritou:
- Duque! Quieto! Venha aqui já!

O cão obediente afastou-se só o suficiente para que ela entrasse.
Aimée entrou temerosa de ser atacada pelo animal que nada tinha de assustador. Era um cão peludo de cor champagne claro. Latia contente pela visita inesperada, tentava a todo custo alcançar-lhe o rosto para uma lambida de carinho.
- Duque foi trazido da fazenda ontem. Como não tenho ido muito ao campo, ele foi ficando cada dia mais estremunhado e não comia. Somos muito apegados por isso trouxe-o para ficar comigo.

Aimée adorava cães e ficou muito feliz em brincar e mimar seu novo amigo que não parava um instante com a bola que ele trazia, de tempo em tempo, para jogar. For…
Quando me quiseres Silvia Munhoz

Calço meus sapatos,fecho a minha mala. Pouca coisa para levar, quase tudo para ficar. Lembranças eu não quero; vivências que eu supero. Vou com muita certeza,não admito estranheza  daqueles que não me amaram. Quero a vida que não tive,nesse tempo todo que estive  tão próxima do anonimato. Serei feliz, do meu jeito,  sem toda essa dor dentro do peito  na espera inútil de findar. Ouvirei de longe o seu chamado  e, com os olhos bem fechados,  seguirei meu coração. Todos os passos eu darei, como sempre imaginei... em sua direção.