Pular para o conteúdo principal

O vento...


O vento sopra lá fora, faz uma leve canção num assobiar frenético...o vento, esse amigo de uns, quase desprezado por outros, é afinal como a vida que vai correndo ao meu lado; uma vezes me seduz, outras, me causa indiferença...
Tal como conhecidos ou talvez nem tanto chegue, pensamos que conhecemos quando afinal  nos trazem por dá cá aquela palha, visões que nos fazem ver que são tudo menos o que imaginávamos, tanto no bom sentido como no menos bom.
Afinal quem é quem eu pensava ser uma coisa, e no fim analisado com olhos de ver, a pessoa olho a minha mão esta vazia, nada resta, esta vazia de tudo, dor ilusão, ternura resta apenas um pouco de compreensão para tentar compreender o que faz as pessoas serem assim.
Chego a conclusão, lembrando aqui alguém que amo, sendo maltrato por outra pessoa a quem eu chamava de general, era tão cervical , tão submissa quando era desprezada,enfim gostos...
Sou rebelde talvez? sou assim não sei amar aos bocadinhos, ou amo ou não amo ponto.
Não quero ser a segunda opção para ninguém, prefiro assim, estou sozinha? não jamais.
Tenho a companhia de mim mesma, quem não é feliz com ela mesma não saberia ser feliz com alguém.
Não crio expectativas, não espero nada aceito o que a vida me dá, isso sei que me dará estabilidade foi difícil aprender a ver assim as coisas, guardo as lembranças que não me fazem cicatrizes no peito,percorro a minha estrada tranquila....
O vento parece que acalmou também...o sol brilha intensamente, vou dar o meu passeio, até mais logos meus amigos/as. LR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia Amigos!!!!!!

Pois é hoje estou de volta. Estou melhor, meu filho e minha nora foram os meus enfermeiros de serviço,  a eles devo esta recuperação tão acentuada e gostoso.  Obrigada filhotes eu vos amo, e agradeço todo o cuidado que me dispensaram. Mas também minha alma esta mais leve, mais feliz sinto-me com uma fenix, se deve ter sentido ao renascer das cinzas, em conjunto com alguém que me é muito querido e especial, ( nada de pensamentos  atrevidos ) andamos a arrumar as nossas gavetas interiores, a nossa cabeça, e foi óptimo. Deu-me alento e força para mudar umas quantas coisinhas mal resolvidas na minha cabeça. Apesar de ter faltado a escola, fartei-me de estudar, e de recolher informação. Terça-feira já lá vou se Deus quiser. Vou dar a volta, andar um bocadinho só me faz bem, vou fazer uma volta mais pequena que a tua, mas vou andar cerca de 1hora depois venho tomar uma grande banhoca e seguir o resto do dia, se não viesse aqui falar um pouco com os meus amigos /as não ficava bem , ama-vos a todos…

uma verdade grande

Quem sabe?

Nem sempre a vida é o que esperamos,
nem sempre o teu abraço, fica o laço
que pende e encanta,
nem sempre, o que quero é melhor
que avida me dá.
Fico quieta, espero calada
quem sabe a vida faça o joga certo
coloque as peças....
Cole o coração  para que caiba todo
em tua mão.LR