Seguidores

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Errei.....



Nem sempre é facíl, colocar no papel o que vai dentro de nós...
 palavras ficam presas, os sentimentos também, é um emaranhado
que parece nos confundir...
Porque terá de ser assim?
O vazio, por um lado noutro a necessidade  de esvaziar, desabafar o que nos perturba...
Mesmo sem saber exprimir, com palavras , talvez seja a tua falta a falta do teu abraço ouvir a tua voz, que esta gravada em mim, e não saí, por mais que eu diga a mim mesma nada volta a ser igual...
O que passou foi só um sonho, lindo e curto...
Os dias vão dando lugar aos meses, e já passaram anos....
teus olhos serenos, teu sorriso calmo continua aqui dentro de mim, umas vezes é balsamo...outras é veneno que me fustiga, me faz sentir um nada....olho a tua foto....nela só encontro sonho meu...
tu partiste....
foi deverás devastador, tinha de ser assim, outros queres outras vontades se levantaram, seguiste o teu rumo, eu sigo a minha rota, a que a vida meio mãe meio madrasta me deu...
Era este o meu caminho, sigo a estrada meio sinuosa da vida, cabeça erguida errei eu e tu também
tu porque me mentiste, me fizeste acreditar numa verdade inexistente, eu porque acreditei, porque foi imatura e não soube avaliar a tua falta de verdade, daí as minhas inseguranças....
Tudo passou, cada erro tem seu preço, eu pago o meu...LR

segunda-feira, 11 de abril de 2016

O ninho

Pois aqui esta a ninho, de que vos falei.
Os passarinhos claro, não os vi lá também não foi lá mexer, só achei tão engraçado, que quis dividir com todos.
Ninguém os ensina, e são mestres a fazer as suas " casas" adorei, creio que nunca tinha visto tão de perto um assim construído, que maravilha, ver os pormenores que aqui não dá para aperceber, dão dez a zero a muitos engenhocas , amei.
Ali naquela casinha o frio não deve entrar pois esta abrigada, protegida da chuva, uma maravilha.
Aqui o tempo esta frio , embora o Sr Sol pareça querer ficar por aqui , e vencer os bodes velhos , pois há imensos .
Bem a vida me espera lá fora, há que ir apesar do frio a vida não pára.....LR

domingo, 10 de abril de 2016

eu te amo

Sr. vento e D. chuva andam mesmo atrevidotes não deixam sair de casa, com esta instabilidade, ora chove ora faz sol, um pouquinho envergonhado , talvez com este tempo, de inverno fora de ora.
Neva na Serra da Estrela, aqui parece inverno, frio é mais que muito..ou serei eu friorenta?
Também sou, isso é verdade.... não sou só eu que assim sinto..
As árvores cá vão teimando, em renovar os seus galhos dão já flor muitas delas, para seus frutas nascerem.
Coloquei no meu terreno, algumas à pouco tempo, achei graça ao visitar, e ver as flores  abrir, é bom andar pelos campos, ver a natureza a renascer, são flores é capim é tudo enfim....
Aqui bem perto de mim , há um  ninho bem escondido, é tão giro ver os pais tratar dos filhos, ensina-los a voar, amanhã já trago aqui a foto desse local, sem passarinho claro, não acredito que fiquem ali a espera, que a objectiva os focar.
A vida neste local, pode até ser insípida para muitos, para mim , aqui do meu patamar bem quase no fim da estrada, olhamos com outro olhar, amamos do nosso jeito, já nada é mais importante que saber bem quem nós queremos, a distancia não existe, moram dentro do meu peito, o que quero é que estejas bem, já fico muito feliz....
Um dia lá bem distante, quando chegares onde eu estou, isto passa a ter sentido, agora são desabafos retalhos de mulher que, por acaso é tua mãe ,eu te amo  nunca esqueças....LR

quarta-feira, 6 de abril de 2016

O vento...


O vento sopra lá fora, faz uma leve canção num assobiar frenético...o vento, esse amigo de uns, quase desprezado por outros, é afinal como a vida que vai correndo ao meu lado; uma vezes me seduz, outras, me causa indiferença...
Tal como conhecidos ou talvez nem tanto chegue, pensamos que conhecemos quando afinal  nos trazem por dá cá aquela palha, visões que nos fazem ver que são tudo menos o que imaginávamos, tanto no bom sentido como no menos bom.
Afinal quem é quem eu pensava ser uma coisa, e no fim analisado com olhos de ver, a pessoa olho a minha mão esta vazia, nada resta, esta vazia de tudo, dor ilusão, ternura resta apenas um pouco de compreensão para tentar compreender o que faz as pessoas serem assim.
Chego a conclusão, lembrando aqui alguém que amo, sendo maltrato por outra pessoa a quem eu chamava de general, era tão cervical , tão submissa quando era desprezada,enfim gostos...
Sou rebelde talvez? sou assim não sei amar aos bocadinhos, ou amo ou não amo ponto.
Não quero ser a segunda opção para ninguém, prefiro assim, estou sozinha? não jamais.
Tenho a companhia de mim mesma, quem não é feliz com ela mesma não saberia ser feliz com alguém.
Não crio expectativas, não espero nada aceito o que a vida me dá, isso sei que me dará estabilidade foi difícil aprender a ver assim as coisas, guardo as lembranças que não me fazem cicatrizes no peito,percorro a minha estrada tranquila....
O vento parece que acalmou também...o sol brilha intensamente, vou dar o meu passeio, até mais logos meus amigos/as. LR

terça-feira, 5 de abril de 2016

O Dia......

O dia foi embora...
A noite já vai longa,  só que este sentimento de ausência de tudo ou quase me deixa sem sono
a cama sorri para mim convida-me : anda vem descansar, parece-me ouvir de mansinho...como a lembrar outros tempos,onde cada noite era dormida entre sorrisos , beijos, tu estavas ali.
Hoje  o amor se transformou em doce magia, que me faz olhar o mundo doutro jeito, outro querer, outro sentir, não sinto mais ;ela foi embora , deixou apenas a saudade sentimento agridoce .
 são a prova de tudo que já vivi.
Passei por tanto lugar, vi o mar, de águas calmas transparentes, o nascer e o declínio de dias, juntos formaram anos, depois vi as balas furar paredes , matar, destruir, vi bebes nascerem e outros partirem, alegria e dor no mesmo espaço, as vezes em Simultanio.
 Sempre foi  meu guia o amor, esse amor que me fez mulher um dia me ensinou que o amanhã pode ser bem diferente do hoje, basta saber olhar  pois tudo tem duas faces , sempre imaginei o lado bom das coisas, pessoas, Nada é tudo bom ou menos bom basta saber olhar.
Amor é o que te faz sorrir, ser positivo, ter boa energia Amor palavra magica que nos leva a ser feliz sentir esta paz este querer não ter expectativas aguardar o que a vida tem para mim, já perdi muito por querer as coisas do meu jeito sem saber que não era a hora certa.
Amor é luz, é fogo que me aquece num dia de frio é saber quando o dia raiar o sol vai estar ai risonho feliz, sol é amor é paz. LR:

segunda-feira, 4 de abril de 2016

sou assim

Vou andando por ai,soltando ao vento as palavras que guardo dentro de mim...
sinto o vento a cantar, junto das árvores, passa por mim sinto frio, um arrepio salutar, só aqui neste lugar o vento se sente assim.
Leva tudo que o que não quero  sentir , faz vibrar meu eu inteiro, me faz ainda mais lembrar de ti, quando em dias de calmaria no Alentejo se sentia, havia sempre a certeza de chegar, a casa do avô, haveria um vento fresco, era tão doce esse vento.
Amo tudo que rodeia, meu passado e meu presente, o futuro a Deus pertence, assim dizia minha mãe como ela era conhecedora, dessas verdades da vida.
Amo pessoas que perdi, outras que mandei embora, outras que se esqueceram de mim amor eu tenho de sobra, são estrada que percorri por onde andei e perdi, a quem pensava que nunca iria perder, ganhei outras por acaso, sem saber que ia encontrar de umas e outras ficou apenas o amor que dei e recebi.
Sei que não sou pêra doce, sou e sempre serei, igual a mim mesma  nada faço para agradar sendo falsa no falar, não.
Quem quiser minha amizade, tem de gostar de mim também, é defeito de fabrico, perdi o livro de instruções  nada posso mais mudar. LR

domingo, 3 de abril de 2016

falar de amor

 Haveria tanto para dizer, tanto.... ai se havia, ou será que há?
Francamente não sei.
Deixo o coração falar mais uma vez para falar de amor, aquele amor que faz girar o mundo.....
sem amor , ninguém vive, quando muito sobrevivi, amor, as plantas, animais, ao sol e a lua,
a ti que me fizeste tua...Tenho saudades tuas....
Aquela praia morena, de areias suaves , águas transparentes onde ao raiar do dia, eu ia dar umas braçadas, buscar forças para o dia que ai vinha...
amor ao meu trabalho, que tanto podia ser atrás do microfone... numa reportagem de rua.... ou numa panela na cozinha...amo tudo o que fiz, e tudo guardo com o mesmo amor, foram faces de uma vida que foi minha, é a minha estrada....
amor, as cubas onde o vinho fermentava, lá em cima, sobre 1000 litros ,daquele liquido borbulhante tudo tinha uma amplitude diferente....aquele cheiro agridoce do abacaxi, muitas vezes fecho os olhos e ainda imagino sentir os cheiros daquela terra amada, Angola.
amor a tudo e a todos, muitas vezes não deixa de ser amor,
quando te chamo a razão, aqui dos meus 68 quase 69 anos, a vida tem uma amplitude diferente
tem calma, um dia perceberas, não tenhas pressa, vive o hoje, amanhã quando ele chegar, recebe com alegria, é mais um dia ,  vives, renasces é a vida. Para o amor, ama nunca te esqueças de amar, faz desse amor o teu baluarte e tudo se torna mais fácil, tu vives mais feliz.
Os reveses são mais suaves  as tuas lutas, tomam outro cariz , é mais fácil se o teu sorriso o teu carinho , o teu amor viverem  dentro de ti. LR

De mim para ti

De mim para ti....
queria saber dizer aqui , o que vai dentro de mim...há um mundo de emoções, sentimentos que me avassalam até me intimidam... porque tem de ser assim?
Nem imagino. Só que é.
Há um querer ir ao teu encontro, dizer sem palavras tudo que o abraço transmite, aquele abraço apertado, sentido ,lembras-te?....eu não o esqueci... lembras-te dos silêncios carregados de significado, em que os nossos olhos falavam, quando se fixavam?
Eu não esqueci.
Hoje que nada sei de ti, em que , tudo me lembra de ti, em que muitas vezes parece que o teu aroma anda no ar, hoje... sinto como sempre este amor queimar meu peito...
Olho o firmamento, as estrelas, e te imagino ali, numa qualquer nuvem , bela como era teu coração, ou numa estrela brilhante, ali estás tu no teu posto de vigia, amparado nossos filhos, nossos netos, dando força a mulher que foi tua.
Muitas vezes confesso, eu queria mudar tudo, queria voltar a sonhar, a viver a vida , que sonhamos, ter uma outra asa, um outro sorriso, um outro amor, só que não passa de fogo de palha, tu estejas onde estiveres ês e serás sempre a minha vida, a minha essência, meu ombro amigo, companheiro, amigo amante, e sempre o meu marido.
De mim para ti vai todo o meu amor. Até um dia meu amor. LR