Seguidores

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

um dia

Muitas vezes, as pessoas pensam, em tanta coisa....
misturam tudo no copo da esperança...
como uma criança , sorriem confiantes
que a vida esta ai....
Logo de seguida, sopra vento forte...
tal vento do norte, frio , gelido...
a confiança balança, tenta equilibrar-se
sem ter um apoio, ter ter um afago...
assim vão as gentes, neste Inverno frio...
sem casa nem pão, como eu gostaria
de poder dar a mão. dar abraço amigo
só que não posso , sou um grão de areia
na estrada da vida, pela qual seguimos
Mãos cheias de nada.....cabeça repleta de sonhos,
a dor de nada poder fazer ...LR.

Nenhum comentário: