Pular para o conteúdo principal

( 3 ) Vidas

 Cair e levantar, sempre me ensinaram que cair todos caímos, mais ou menos, o que nunca devemos é ficar no chão.
O que hoje parece sem solução se procurar dentro de si vai encontrar o caminho a seguir.....
Lhe ensinaram, ela quiz passar isso para os filhos....
Não foi nada fácil, todo o período vivido.
Só quem viveu aquele período maluco da descolonização feita naqueles moldes sabe o que foi, ela sabia, ai se sabia. Sempre tinha trabalhado. Depois casou e viu-se com a casa saqueada, dois filhos sem dinheiro e trabalho, andaram perdidos desorientados algumas horas, debaixo de fogo cruzado ela nunca percebeu como o carro não foi atingido por alguma bala.
Foram para Luanda. O desespero  era total. Alguém se apercebe. Três criaturas maravilhosas ela pensa ser três anjos, lhe deram abrigo.
Viveu dois meses naquela casa em Luanda no bairro da cuca.
Lhe deram tudo, alimentação, carinho, força roupa para eles e para as crianças, um era bebe de poucos meses.
Vir para Portugal estava fora de questão.
Arranjaram trabalho, começaram a viver, muitas limitações, só que os 4 vivos, mais unidos que nunca, as dificuldades também servem para unir as pessoas.
voltando ao tempo da mudança de casa.
Ela já assumira uma cozinha, voltaram o sorrir.
O primogênito da família tinha já 22 anos, era um jovem cheio de garra, com muita vontade de  singrar, com uma voz linda, muita força de viver.
Tinha comprado uma moto a pouco tempo, ia de ferias para o algarve no dia seguinte.
Quando um acidente o coloca no hospital entre a vida e a morte, foram meses de muito sofrimento tudo parecia desmoronar-se a volta dela, foram horas de muito incerteza.
Ele era forte e passados 2 meses em coma, começou a reagir, ficou bem , depois do que pensavam não iria sair, tinha traumatismo craniano, queimadura 2º grau nas costas , as costelas do lado esquerdo todas partidas com perfuração de pulmão,e 27 facturas exposta num braço e omoplata, esse braço fez esmagamento  do duplex braquial, esta lá mas não funciona, é como se não existisse.
Tem sido muito, doloroso.... aprendeu a conviver com a situação, é um trauma que ficou,  hoje faz a sua vida normal trabalha é independente. Um homem agora de 43 anos. Minha primeira obra de arte.
pois tenho mais duas, diz ela, seus outros filhos.
A vida nem sempre é fácil, só que vale sempre a pena lutar por aquilo que ambicionamos, por aquilo que nos faz feliz...LR
Continua 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia Amigos!!!!!!

Pois é hoje estou de volta. Estou melhor, meu filho e minha nora foram os meus enfermeiros de serviço,  a eles devo esta recuperação tão acentuada e gostoso.  Obrigada filhotes eu vos amo, e agradeço todo o cuidado que me dispensaram. Mas também minha alma esta mais leve, mais feliz sinto-me com uma fenix, se deve ter sentido ao renascer das cinzas, em conjunto com alguém que me é muito querido e especial, ( nada de pensamentos  atrevidos ) andamos a arrumar as nossas gavetas interiores, a nossa cabeça, e foi óptimo. Deu-me alento e força para mudar umas quantas coisinhas mal resolvidas na minha cabeça. Apesar de ter faltado a escola, fartei-me de estudar, e de recolher informação. Terça-feira já lá vou se Deus quiser. Vou dar a volta, andar um bocadinho só me faz bem, vou fazer uma volta mais pequena que a tua, mas vou andar cerca de 1hora depois venho tomar uma grande banhoca e seguir o resto do dia, se não viesse aqui falar um pouco com os meus amigos /as não ficava bem , ama-vos a todos…

era uma vez

Há imensas historias que começam era uma vez. Reais que retratam factos verídicos, outras nem tanto.
Esta historia poderia ser uma mistura de realidade e ficção, porque nem sempre é fácil reconhecer que erramos, vamos levando a vida a pensar mais nos outros que em nós. Não por ser boa ou má, só por covardia, por medo de magoar quem um dia demos vida, deveria ter a coragem de esquecer a outra parte de mim.
Uma vez parece que se ainda se consegue, é tão doce o abraço de um filho, sem duvida que é, só que embora importante não nos completa por inteiro.
Nos momentos de maior solidão, falta a mão que segura a tua, sem palavras, só um doce apertar que te diz estou aqui, não estás só, isso não tem dinheiro que pague, só que o abraço de um filho também não, ai vem a duvida terei direito a ir viver minha vida, e magoar os outros?
Fica aqui num cantinho da tua cabeça, e parece matraca insistente na pergunta, sem dares conta continuas dia após dia na mesma duvida, os dias deram lu…
Eu falhei...
Ás vezes como filha, como namorada, como esposa, como amiga.
Nem sempre digo as coisas certas. 
Não sou a mulher mais bonita do mundo, mas Sou Eu. 
Adoro comida... Tenho barriga e celulite. Tenho cicatrizes, porque tenho uma história. Algumas pessoas me amam, outras gostam de mim, outras não. 
Fiz coisas boas, fiz coisas ruins. Me arrependi, às vezes não.
Saio sem maquiagem e às vezes nem arrumo o cabelo.
Não pretendo ser alguém que não sou.
Eu sou quem sou, podes amar-me ou não.
E se te amo, faço com todo o meu coração! Não me desculpo por ser eu!
Afinal, detesto pessoas hipócritas.
Mulheres, peço que Copiem e Coloquem isto no seu mural com a sua foto e a compartilhem se se sentirem Orgulhosas de Serem Quem São!
SOU EXATAMENTE ASSIM 😘❤️