Seguidores

quinta-feira, 17 de setembro de 2015



Saudade Calar é grita, sem nada dizer fazer da voz um portão dos sons.
Apenas silêncios, enquamto o teu ser se agita num mar de gente e silêncios, é olhar p'ro teu vazio, só querer por conpamhia, tua amiga solidão .
Dor que te faz tremer, sem dizer tudo o que sentes, mas sorries na tua mascara, todos pensam que ês feliz enquanto chorras te agitas, silências tua dor, brincas contigo e comigo de olhos secos, sem lagrimas se todos pudessem ver o que tem teu coração veriamos com ele chora e com que angustia se agita LR

Nenhum comentário: