Seguidores

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Era uma vez...
Assim começam as historias, assim começa o meu texto hoje....
Era uma vez, ele e ela dois "jovens" maduros carentes de afectos, tudo para a maioria é razão para ambos seria os afectos....o  Mar da palha....
em que se debatem...
Ele carente, de tudo a lutar com adversidade  com a falta de emprego, carinho, cumplicidade...
sem se lembrar já do que é um banho a dois, onde e gargalha de tudo e nada, rir pelo prazer de rir...
Ela...bem ela esta como ele o pior ainda...
Ambos teêm seus ideais,  seus valores, completam-se rindo por coisas sem jeito completam-se dando força um ao outro, são amigos e nada mais....
Ela já uma vez viveu algo semelhante, sendo muito diferente, pois ficou marcada no fundo da alma, para ela nada mais poderia acontecer, não suportaria outra dor igual há que já viveu....
Ele anda a deriva sem ter porto, talvez um dia o encontre....
Primeiro a saúde, depois todo o resto a que tem direito, quem sabe encontre o barco que o levará  a bom porto ....
E assim era uma vez, pessoas que se cruzam, que se respeitam que se amam, com o amor de amigo..O amor mais puro do mundo....LR

Nenhum comentário: