Pular para o conteúdo principal

Assim eras tu....



Faz tanto tempo...
que tu me pegavas na mão, me fazias sorrir
vem ai a Páscoa. Dizias-me tu num doce apertar
nos meus dedos de criança.
Vamos as compras, a " praça "do bairro
sempre te lembravas de tudo , de todos.....
Lá ia o pobre cordeiro,
num belo tabuleiro
para assar no forno,  o pai gosta
dizias-me tu , num geito  de quem
fazia um agrado ao homem amado,
Era o colocar as taças de amendoas
do tempo de nanorados, assim eras tu....
a mulher mais doce, que me fez nascer
me ensinou a andar nos caminhos da vida
a estrada comprida
que tento trilhar, sem nunca esquecer
que um dia nasci, 
da grande Senhora que foi minha mãe.
Sem rendas nem veus, ela era 
a costureira ali da sua aldeia.
Costurava roupa, para quem a queria
fazia com gosto,
pobre de dinheiro, rica de caracter
ela era a mãe que eu queria ser....
A mulher guerreira que tudo fazia 
que sempre amparava com sorriso terno
nas horas de dor. LR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia Amigos!!!!!!

Pois é hoje estou de volta. Estou melhor, meu filho e minha nora foram os meus enfermeiros de serviço,  a eles devo esta recuperação tão acentuada e gostoso.  Obrigada filhotes eu vos amo, e agradeço todo o cuidado que me dispensaram. Mas também minha alma esta mais leve, mais feliz sinto-me com uma fenix, se deve ter sentido ao renascer das cinzas, em conjunto com alguém que me é muito querido e especial, ( nada de pensamentos  atrevidos ) andamos a arrumar as nossas gavetas interiores, a nossa cabeça, e foi óptimo. Deu-me alento e força para mudar umas quantas coisinhas mal resolvidas na minha cabeça. Apesar de ter faltado a escola, fartei-me de estudar, e de recolher informação. Terça-feira já lá vou se Deus quiser. Vou dar a volta, andar um bocadinho só me faz bem, vou fazer uma volta mais pequena que a tua, mas vou andar cerca de 1hora depois venho tomar uma grande banhoca e seguir o resto do dia, se não viesse aqui falar um pouco com os meus amigos /as não ficava bem , ama-vos a todos…

uma verdade grande

Quem sabe?

Nem sempre a vida é o que esperamos,
nem sempre o teu abraço, fica o laço
que pende e encanta,
nem sempre, o que quero é melhor
que avida me dá.
Fico quieta, espero calada
quem sabe a vida faça o joga certo
coloque as peças....
Cole o coração  para que caiba todo
em tua mão.LR