Seguidores

domingo, 14 de dezembro de 2014




Hoje o dia esta gelido, o dia esta triste...olho atravez da vidraça.
A natureza esta a entrar  descanso tranquilo, se preparando para a renovação...
Quando der por isso o tempo passou,  mudou...o dourado de agora vai dar lugar ao verde  e muitas mais cores fazendo um quadro que nenhum pintor consegue igualar.
Quando der por isso ...as crinças já cresceram correm pelos campos de sorriso facil, nada as faz ficar a pensar no ontem nem no amanhã, é o hoje que as move...
Temos muito a parender com elas os adultos são complicados vão destruindo tudo a sua volta em nome de um tal progresso...coisa  esquisita....
Hoje  todos querem tudo, perdeu-se o espirito da partilha o dar as mãos nos momentos menos bons, num sorriso num abraço ir ao encontro do outro seja ele /a quem for , e dar um sorriso...coisa simples que conforta, que faz esquecer o menos bom para sentir o quanto anima  o tal abraço..
Saudades do tempo em que pais e filhos de varias gerações, se uniam em torno duma mesa em que pouco mais havia, que o indespensavel, de bens alimentares, e sim em grande abundancia de carinhotão bom ver as crianças a volta da avó que fazia os felhoses, ( fritos desta epoca ).
Á noite era o ir deitar cedo , pois tinha que acordar cedo para ver os presentes do menino Jesus.
Mais não era que uns rebuçados, ou um pequeno chocolate, por vezes um brinqueto feito pelas mães ou pais, com que alegria se ria e brincava fazendo tanto com tão pouco.
Hoje.....bem hoje  quase todos pecamos pelo mesmo, tudo époucopara dar as nossas crianças...
esquecendo em alguns casos que elasquerem o abraço o beijo a atenção quenão vem pois , não hátempo para tal, vive-se na era do consumismo o resto é apenas isso resto...
Se dessem menos tralha e mais carinho , creio que o mundo estava mais feliz....LR

Nenhum comentário: