Seguidores

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Ah pois é!  isto de viver ao contrario tem os seus custos.
dormo cedo acordo, e adeus sono e noite.... hoje  o sono  esta de greve.
Ando a deixar o vida o tempo fluirem, minha cabeça qual ecrã gigante me trz e me leva, momentos , ando numa tombola gigante com as emoções, boas.outras nem tanto... minha mãe, pai tudo esta tão presente neste ecrã noctorno.
A vida é a chegada umas vezes é partida também, dois polos que se cruzam...que custa a aceitar...que custa a viver só das recordações...
Nesta quadra anos atraz era uma festa, tudo tinha um brilho diferente, tudo era alegria, com todos por perto....agora? só esta geração a outra viajou , acabou o bilhete tiveram de partir, sei que todos iremos nem por isso é menos saudoso,  a casa já nem decoro para as festas se não tenho festa dentro de mim...
Tenho os "miudos"  em minha casa é apenas a minha casa, já não é a nossa casa, cada um levantou voo como é natural, tem sua propria vida, eu estarei lá em casa de algum deles, estamos juntos , ninguém tapa o buraco que sinto no peito, pois ninguém substitui ninguém , sem eles a vida seria uma treta, não compreendo como podem os pais viver longe dos filhos, não entendo como podem colocar alguém a frente do seu amor, da sua ajuda...filho é amor que nunca morre, LR

Nenhum comentário: