Seguidores

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Ano vai...Ano vem

Ano vai....ano vem....
Assim vão passando os dias que vão formando
o tempo , nosso viver...
se ao menos este que vem me traga
a força o querer de saber dizer sorrindo
o que meu coração chorra...
Que meu rosto nunca traia , tudo que sinto em mim...
ora dor , me atormenta..
ora a desilusão espreita
Não quero que alguém sonhe
o que vai dentro de mim...
não saberia dizer a razão deste sentir
deste sentido que dei aos dias que vou vivendo...
poucos são de alegria, muitos são de tormento.
Tu não estas, nunca estaras....
nossa vida é paralela...
meu sentiré meu somente
quem sabe um dia talvez eu possa dizer
sorindo, me enganei...
esqueci... afinal não foi para toda a vida

domingo, 28 de dezembro de 2014

Vem ai

Novo ano se aproxima, que venha feito de esperança
como o olhar de uma criança
nos traga apenas e só a saúde a fé ,o querer
para saber compreender as desilusões da vida
que ele traga também ...
a coragem para perdoar saber
nem sempre é facíl acredita...
Ano Novo que ai vens, traz contigo por favor
os sonhos , que nos fazem companhia
que saiba realizar tudo o que sonho
o que sinto....
Vida, nos mostra o caminho o trilho certo
pois parece não sabemos
o rumo que vai levar o ano que se aproxima
te peço mais uma vez....
que venha feito de esperança....
saúde e fé quanto baste...LR

domingo, 14 de dezembro de 2014




Hoje o dia esta gelido, o dia esta triste...olho atravez da vidraça.
A natureza esta a entrar  descanso tranquilo, se preparando para a renovação...
Quando der por isso o tempo passou,  mudou...o dourado de agora vai dar lugar ao verde  e muitas mais cores fazendo um quadro que nenhum pintor consegue igualar.
Quando der por isso ...as crinças já cresceram correm pelos campos de sorriso facil, nada as faz ficar a pensar no ontem nem no amanhã, é o hoje que as move...
Temos muito a parender com elas os adultos são complicados vão destruindo tudo a sua volta em nome de um tal progresso...coisa  esquisita....
Hoje  todos querem tudo, perdeu-se o espirito da partilha o dar as mãos nos momentos menos bons, num sorriso num abraço ir ao encontro do outro seja ele /a quem for , e dar um sorriso...coisa simples que conforta, que faz esquecer o menos bom para sentir o quanto anima  o tal abraço..
Saudades do tempo em que pais e filhos de varias gerações, se uniam em torno duma mesa em que pouco mais havia, que o indespensavel, de bens alimentares, e sim em grande abundancia de carinhotão bom ver as crianças a volta da avó que fazia os felhoses, ( fritos desta epoca ).
Á noite era o ir deitar cedo , pois tinha que acordar cedo para ver os presentes do menino Jesus.
Mais não era que uns rebuçados, ou um pequeno chocolate, por vezes um brinqueto feito pelas mães ou pais, com que alegria se ria e brincava fazendo tanto com tão pouco.
Hoje.....bem hoje  quase todos pecamos pelo mesmo, tudo époucopara dar as nossas crianças...
esquecendo em alguns casos que elasquerem o abraço o beijo a atenção quenão vem pois , não hátempo para tal, vive-se na era do consumismo o resto é apenas isso resto...
Se dessem menos tralha e mais carinho , creio que o mundo estava mais feliz....LR

sábado, 13 de dezembro de 2014

Para ti...

Meu amor!
Sejas quem fores, estejas onde estiveres...és e serás sempre o meu amor...aquele amor que me fez 

para ti....

sonhar, que me fez mulher um dia.
Estejas onde estiveres, lembra-te, de tudo que ficou e não vivemos,sonhos inacabados, que ficaram por sonhar, 
Lembra-te de tudo que sonhei fazer contigo...andar de mão dada, qual criança , que caminha rumo , a alegria de sentir uma mão para se apoiar...
Lembra-te das caminhadas que não fizemos, e que seria o transformar a noite em dia, quando se caminha, não faz só bem ao coração, o espirito fica mais leve, a natureza nossa mãe sorri, nesse sorriso, esta a felicidade mais genuina e pura.. Sabes meu amor....
Queria acordar contigo ao lado...
Num abraço sem tamanho, queria ou quero , já nem sei bem....
Os anos foram passando, a vida foi me mudando, 
Da mulher que foi um dia pouco resta, além desta embalagem que todos conhecem, hoje amo e sonho de outro jeito.
A vida deu-me maturidade para seguir em frente, sem dores nem rancores, apenas me colocou mais , serenidade no olhar, ou na maneira como olho, como te amo, e como te espero...
Sim ainda te espero...apesar do tempo passado...
Amor, meu amor, estejas onde estiveres, ao leres esta carta, lembra-te...aqui ainda alguém lembra ...ainda te ama..
Hoje ao escrever para ti, veio uma doce saudade, do que sonhei e não tive, dos sonhos que se perderam, nos caminhos da vida...
Tinha de ser assim e eu não sabia...
Não sei quem ês nem onde estas.. mas sei que és o bocado que em mim falta, e me não deixa nunca esquecer o meu amor por ti...

Tempo




As horas vão passando uma a uma, a vida vai rolando  fazendo  o bailado dos sentidos...
este querer  sem entender muito bem o que vai dentro e mim...
Quero e não quero...amo e detesto, com a mesma intensidade...
As horas vão dar lugar , aos dias...
25 anos  estão quase concluidos...de desespero, saudade, aprendizagem , todos os dias aprendemos alguma coisa sem nos dar-mos conta, o nosso ser cresce...
muitas vezes é preciso perder para compreender que afinal as coisas , não são o que parecem, por mais que a vida doa, vale sempre a pena viver...
Ainda que alguém te desperte do teu sono, da tua falta de querer, a vida é um bem que tens de saber valorizar, tens de aprender a ver , que a família os amigos são o teu porto de abrigo..
Gostamos de ver, de ir o encontro de novos desafios, que bom.
Não deveriamos trocar o certo pelo incerto, deveriamos ver os dois lados das coisas, da vida....
É muito bom ter a nosso lado alguém que nos fala o que sente com verdade, que nos pega ao colo, ou nos dá um bronca , sabendo que é por nos querer, por amar....
25 anos, que  saudade até dos maus momentos...tu sabes do que falo...acredita valia mais isso que a tua ausencia, resta a " certeza " do reencontro um dia ,,,,quem sabe um dia...LR

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Ah pois é!  isto de viver ao contrario tem os seus custos.
dormo cedo acordo, e adeus sono e noite.... hoje  o sono  esta de greve.
Ando a deixar o vida o tempo fluirem, minha cabeça qual ecrã gigante me trz e me leva, momentos , ando numa tombola gigante com as emoções, boas.outras nem tanto... minha mãe, pai tudo esta tão presente neste ecrã noctorno.
A vida é a chegada umas vezes é partida também, dois polos que se cruzam...que custa a aceitar...que custa a viver só das recordações...
Nesta quadra anos atraz era uma festa, tudo tinha um brilho diferente, tudo era alegria, com todos por perto....agora? só esta geração a outra viajou , acabou o bilhete tiveram de partir, sei que todos iremos nem por isso é menos saudoso,  a casa já nem decoro para as festas se não tenho festa dentro de mim...
Tenho os "miudos"  em minha casa é apenas a minha casa, já não é a nossa casa, cada um levantou voo como é natural, tem sua propria vida, eu estarei lá em casa de algum deles, estamos juntos , ninguém tapa o buraco que sinto no peito, pois ninguém substitui ninguém , sem eles a vida seria uma treta, não compreendo como podem os pais viver longe dos filhos, não entendo como podem colocar alguém a frente do seu amor, da sua ajuda...filho é amor que nunca morre, LR

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Dezembro

Dezembro. Tão próximo e tão distante...
o Sr tempo que tudo pode , tudo faz...
por vezes não consegue mudar tudo , o que vai dentro de nós.
Faz-me pensar ou não, nunca esquecer...
Dezembro: Terias completado o teu aniversario dia 8 dia da Mãe,
a mãe que não me deixaram ser ...tu partis-te...
nem me deixaram ver-te...continuas tão presente eras um bocadinho de mim
és um pouco de mim que partiu...
Muitas vezes dou comigo a imaginar como seria agora o teu rosto, criei dentro de mim a tua imagem, (este defeito meu de imaginar as pessoas que amo, depois sofro ) contigo tudo seria diferente...
Estejas onde estiveres que a nossa energia não acabe e sempre ao recordar eu sinta como agora , estamos longe ...estando perto...
Te amo Monia Soraia.






Mais um dia...outro mais outro...
assim vão passando os dias, meses anos...
assim vai passando os nossos dias , a nossa vida
o bem maior que Deus e nossas mães nos dá...
um decorrer de tempo onde as coisas vão passando
por entre os nossos dedos como se areia se tratasse..
Tão bom viver, acordar ,  ver tudo que nos rodeia
As coisas por vezes estão longe de ser o que sonhamos
porém são pela certa a melhor maneira
que a vida tem para ti.
Desilusões todos temos, todos damos....
nada pior que  dar nosso tempo a quem o não merece
o nosso carinho a quem não sabe,  acarinhar....
isso cria situações em que apenas queremos ver longe
quem um dia , queríamos por perto....
à pessoas que embora não nos inspirem odeio
são de uma absoluta indiferença em nossas vidas....LR