Seguidores

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Raiar o dia

Ao raiar do dia, as coisas tomam um cariz diferente....te dão mais força, mais vontade de ver partir quem um dia parecia ser teu amigo, quando na verdade, é apenas amigo de si mesmo....
Hoje talvez seja o chamado dia D, o dia das grandes resoluções, o dia em que vou descobrir o como é mentiroso alguém que tinha como amigo, como irmão.
Hoje  a vida vai me mostrar, que afinal vale mais estar só, sem ninguém por perto, que ter alguém no mesmo espaço, e estar cada dia mais solitária....
Acaba o tempo de andar sempre preocupada, por poder incomodar, por não deixar descansar quem faz da noite dia, do dia noite...Hoje vais ser o dia da alforria...ainda não percebi se doí ou me faz feliz, se é isso que queria mesmo...
Olhando de um angulo, talvez não queira mesmo, tentando colocar numa balança, equacionar as duas frentes sem duvida prefiro estar só...
Sei que também vou sentir a sua falta, não importa, afinal estou a vontade para andar a vontade dentro da minha própria casa, coisa que agora não acontecia, pois a vida dessa pessoa era dormir até as 14 ou 15 horas, muitas vezes almoçava ia tomar café... vinha se fechava no quarto até ao jantar, e a companhia que tinha era a de ter outra pessoa a mesa, pouco mais que isso.
Para mim estava a ultrapassar tudo o que era normal.
Hoje diz ir ver os amigos,  a família, não acreditei,  não quero ser injusta.... não me convenceu algo me soa a falso... não quero ter alguém em minha casa em quem não posso confiar.LR

Nenhum comentário: