Seguidores

sábado, 26 de julho de 2014

Vazia



Queria escrever, estou vazia..vou deixar meus dedos, brincarem de lá para cá, deixando aqui o que meu pensamento não quer coordenar ....de  cá para lá,   ao sabor da vida,que tenho pela frente?!...
 Um dia cinzento,de cacimba forte, faz lembrar aquela chuvinha gostosa..que  refresca, dando cheirinho a terra molhada, (que nos leva até à minha amada Angola....) não é por ai que o dia vai ser.menos bom....
Meus filhos estão bem, segundo parece....cada um tocando sua vida, tentando levar seu barco a bom porto.... (Tenho  tanto orgulho nos meus filhos ).
Claro todos temos alguma coisa, que gostaria que fosse diferente...sem no entanto deixar de aperceber temos muito a agradecer a vida....
Saúde há quanto baste...embora estando eu. na idade do condor....é natural...porquê a idade do condor?!
Pois que ao acordar doí sempre aqui ou ali....logo é a idade do condor....nada de especial felizmente.
Nada que depois de um bendito medicamento não se ultrapasse... é assim a vida...
Eles tem trabalho, as suas casas... eu aqui na minha , com o meu "irmão " emprestado, cá vamos vivendo...
Que mais posso pedir a vida no meio de tanta desgraça que  assola por ai o mundo?
Nada...Só agradecer, pois tenho de reconhecer que tenho tudo para ser feliz, me sentir feliz....
Claro sinto falta de ter um companheiro um amor, para dividir sonhos e tristezas, alegrias também...não tenho azar? ou sorte que sei eu....
Não me lamento apenas vivo.....No meio desta natureza linda quem pode se sentir infeliz?!
Não tenho  a grande cidade, grandes coisas lindas, como surpificies comerciais , que algumas vezes me deixariam triste por não poder ir e comprar alguma coisa, pois não teria verba para o fazer...aqui tenho os campos para passear sem gastar nada, ver a natureza que sempre me surpreende...LR

Nenhum comentário: