Seguidores

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Ava



È
no vento das palavras que me perco....
me encontro ...logo deixo fugir...
ao encontro de ti...
ainda que sejas uma das minhas maiores amigas...
me deixas aqui numa angustia pois nada sei de ti...
onde andas? que foste fazer?
corres feita louca por montes e vales...
aqui te espero....
Não vale a pena estar zangada, amuada sequer....
tu não ias entender....
sei que sabes que fazes mal ...
também sei que é a tua energia....foste feita para correr...
tomar conta...e não para seres só a minha amiga
a amiga que me faz companhia 24 horas por dia...
Tens 4 patas , uma inteligência que me espanta..
não falas ...teu olhar diz tudo...
meigo, sabedor do que sinto como ninguém
minha cadela Ava,  a amiga de sempre...
que voltes depressa, não te percas...
nós te esperamos....

Nenhum comentário: