Pular para o conteúdo principal

Viagem



Nas viagens que fazemos, vou de barco, de canoa a chimbicar pela mata, ali bem na Barra do Quanza... com as terras alagadas...coconote, cocos, mangas. viagens que vou fazendo..na vida, muitas nem damos por elas.
São um pouco de nós que vamos deixando por onde passamos, sonhamos vivemos, sobre tudo dentro de nós mesmos...viagens que nos faz sorrir...chorar...sofrer...e também sorrir...
viajar, eu... fecho os olhos , me vejo a viajar por sítios longuincos , lindas paisagens, vejo os olhos de quem amo, a me olhar, me acariciar com o seu olhar...ouço até a sua respiração candenciada, serena... tal como a conhecia...
Imagino muitas vezes que estamos a viajar, num Pais distante, com belas palmeiras, com cocos , mangas, papaias...tudo me vem a cabeça, nesta viagem de olhos fechados, recostada na cama que nunca foi tua....
Sempre foi apenas minha...Meu anjo vestido de branco...sempre que viaja comigo, tem um sorriso gaiato, cheio de charme que me encanta...
Viaja dentro de mim... nos sonhos que me ensinou a viver, mesmo sem ele por perto, sua viagem acabou, seguiu um outro caminho...caminho que irei seguir um dia, para de novo abraçar-te ... foste o único homem que a sua maneira me amou.... agora compreendo antes não...vou viajando contigo dentro do peito, vou sonhando, vou amando tudo que de belo me deste....nossos filhos pois então....
Vamos viajando, juntos pelo sentimento que tenho dentro do peito, vou aprendendo a viver, saber olhar ...amar ...sem mais não querer que este sentimento lindo.....que guardo...só para mim.....LR
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo

O Tempo vai passando....
leva e traz pedacinhos, momentos vividos em algum lugar.
coisas que ficaram gravadas na mente , no coração de quem viveu...vive e sente....
Assim de repente, o mundo se agita, tudo toma cor.
Só porque encontramos pedaços, escritos, tlvez vividos, por alguém a quem nunca deixamos de amar.
A vida é assim.
Algures noutra galaxia, tal a imensidão da distancia que vamos ficando uns dos outros...um do outro.
Agora , ao entrar no teu tempo, recordo o meu tempo....o nosso tempo.
Tão curto e tão belo...para quem o sentiu, será sempre enexquecivel.
Pois quando se ama é para toda a vida.LR

era uma vez

Há imensas historias que começam era uma vez. Reais que retratam factos verídicos, outras nem tanto.
Esta historia poderia ser uma mistura de realidade e ficção, porque nem sempre é fácil reconhecer que erramos, vamos levando a vida a pensar mais nos outros que em nós. Não por ser boa ou má, só por covardia, por medo de magoar quem um dia demos vida, deveria ter a coragem de esquecer a outra parte de mim.
Uma vez parece que se ainda se consegue, é tão doce o abraço de um filho, sem duvida que é, só que embora importante não nos completa por inteiro.
Nos momentos de maior solidão, falta a mão que segura a tua, sem palavras, só um doce apertar que te diz estou aqui, não estás só, isso não tem dinheiro que pague, só que o abraço de um filho também não, ai vem a duvida terei direito a ir viver minha vida, e magoar os outros?
Fica aqui num cantinho da tua cabeça, e parece matraca insistente na pergunta, sem dares conta continuas dia após dia na mesma duvida, os dias deram lu…

teu olhar

Aqui me encontro, me perco, sem saber ao certo
o rumo a seguir.
A vida é assim ....há que ter esperança
no dia que vai nascer, em ti também....
ainda não sei o rumo a seguir....
só sei que por mais que  tente tirar-te de mim...
estas colado não sei que fazer quero esquecer
que um dia  vivi um sonho um sonho , só meu...
quero acabar com este querer, este sentir...
recordo o teu rosto, teu olhar gaito
de menino grande....
hoje o tempo passou, só este amor
o tempo não leva.LR.