Translate

domingo, 29 de setembro de 2013

momentos

Tem momentos que por mais que queiras manter a calma , não consegues.
Te sentes um trapo, tentas tudo para ajudar, para fazer crescer alguma coisa que não depende de ti, mas a crise esta brava, nao há dinheiro para nada.
As pessoas fogem de gastar dinheiro em coisas que podem facilmente fazer em casa, a tua boa vontade não chega, sente a desilusão de um, dia de espera inutil...mas ainda te olham como se fosses tu a culpada de não se fazer dinheiro.
É muito , cansaço para tão pouco valor.
Claro que não queria que alguém me agradecesse , mas me custa ver e ouvir ( só isso? eu fiz isto.) parece que aquilo que fazes de nada vale.
Queria que entendesse que não posso ir buscar os clientes  a rua e trazer pela mão, para os fazer comprar...
Nasce em mim uma revolta...uma vontade de mandar tudo para o alto, e dizer se fazes melhor faz, mas não posso....
Tenho que lhes mostrar que as coisas estão agora assim mas um dia vão estar bem.

No silêncio

Aqui no silêncio. Bem quietinha.fecho os olhos. Vou viajar dentro de mim mesma, faço de desfaço a minha vida Meu querer, aqui neste silên...