Seguidores

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Mais um dia

Mais um dia, que não dá para ver a "nossa" Serra. A neblina tapa, as nuvens escuras faziam anunciar a chuva que se aproximava. O frio , veio nos dizer que ainda não era hoje ...a Primavera ainda não regressou. O Sr Tempo tem destas coisas, anda a brincar de gato e rato A nossa amiga.... Aqui ela tem uma amiga de 4 patas, deitada a seus pés. Dormitando, de quando em vez abre os olhos, aqueles olhos doces como a dizer estou contigo. Acena a cauda, fica tranquilamente deitada... Que bom é ser assim...feliz tranquila... Fico a pensar...onde andará aquela menina de longas tranças douradas, que corria por estas terras, alegre traquina... apanhava flores , flores que perfumavam os campos, e ela oferecia a mãe como se fosse um tesouro. Onde estará ela? Deu lugar a uma jovem irreverente, alegre cheia de sonhos, de querer... um dia uma mentira , alterou a sua vida... ela se tornou mulher... dessa mulher cheia de força e garra, pouco resta... ela lutou, esqueceu-se dela mesma, mas nunca esqueceu dos outros,,lembrou-se de tudo e todos só dela se esqueceu... Ultrapassou muitas barreiras impostas pela vida. Fez tanta coisa que não se julgava capaz... Um dia alguém a fez pensar nela...a fez ver que afinal ainda podia ser feliz,mas...não foi. Ela saiu da letargia em que tinha vivido...engano dela... Pois ainda não era hora de ser feliz. Agora é só somar a vida, o tempo mais tempo...e vê-lo passar, pois o seu tempo, passou tão ligeiro que não soube nem teve coragem de o agarrar. Daquela mulher, que teve esperança, teve querer, nada resta... Mas ainda sobrou a vontade de amar... sobrou esta mulher triste, mas com firmeza para mudar o rumo das coisas, A vida...agarrar a fé e a esperança, com a certeza que o que tiver de ser dela faça ela o que fizer ainda vai ser seu.LR

Nenhum comentário: