Seguidores

segunda-feira, 11 de março de 2013

Espera

O tempo vai passando lento... num silêncio que quase assusta...por vezes silêncio grita, de uma forma que quase nos deixa loucos... A ausência das pessoas queridas é bem difícil de suportar... resta a esperança , essa tem de ser companheira, amiga... ao deitar , ela lembra-se muito dele, e sonha imagina com será a sua vida lá... num país distante. A noite passa. O dia volta a nascer,com ele a fé de te ter de volta, ela volta a erguer os olhos ao céu e sem uma palavra, ora para que os dias passem depressa e voltes ... Há coisas que não se explicam...se sentem... por mais que se queira fugir, por mais que se queira ignorar, chega uma hora em que tudo se esclarece na nossa cabeça, no nosso coração. Ela, tentou não ver o que sentia, talvez tivesse feito o maior disparate de sempre...ele sabe, ela contou,mas será que ele entendeu? Só o futuro o dirá.. Ela hoje ia a correr ao seu encontro, ela ia, fosse onde fosse para estar com ele, poder falar-lhe ...mas tem só silêncio... Que se transforma em monstro gigante,para afastar. Que cria,dentro dela um vazio...seu coração esta despedaçado, vazio...de tudo, mas...cheio da ausência dele... Que saudades de ouvir o meu nome naquela voz terna amiga, Maria, tem na boca dele uma sonoridade linda, Maria, meu nome e nome da mãe de Jesus, talvez por isso, ela acredita que ele vai ainda voltar para a sua Maria... Há coisas, que só o tempo faz a cura. Ela quer curar-se deste vazio, desta saudade, deste querer sem nunca te ter, mas tem-te ali dentro do coração que bate, espera, e acalenta o desejo imenso de o ver de volta..

Nenhum comentário: