Seguidores

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

voando....

Deixando a imaginação voar, tentando adivinhar?...penso que não. Neste deixar voar sem limites, tentado apenas ante ver o que de bom ou mau na vida me espera... quem sou eu?...não sei . Algumas uma pessoa que vê a vida pelos olhos do desespero, outras apenas com os olhos que me dá o coração. Mas sem uma objectiva muito credível, pois muitas vezes não esta correcta a maneira como vejo. As imagens, nem sempre são nítidas,de cores mais corretas. Mas são as que me mostra, o coração, ou a razão não sei ao certo. Este orgão que segundo uns nos comanda. Mas que nos escraviza. Não nos deixa esquecer...mas não nos deixa amar e confiar em quem, quer tentar aprender amar-nos. Se os humanos tivessem livrinho de instruções , era muito bom e pratico, mas não tem; ai tudo se complica.. Só aprendemos amar, vida custa, ensinar a esquecer... Quero que aprendas a esquecer. Que vivas a tua vida, homem , mulher são seres complicados,há os que tem tudo para ser feliz e não o sabem ser... os que gostaria de ter , e nada tem, diz lá se não é complicado. outros ainda que anseiam ir ao encontro, de alguém, mesmo sabendo que correm riscos sérios... vida é complicada podes crer..vivem da ilusão.. As pessoas as vezes são covardes, tem medo de lutar sozinhas pelo dia a dia, habituam-se a ter tudo de bandeja esquecem que o trabalho é salutar, faz bem ao corpo e a mente, depois esquecem quem lhes deu tudo...Já arranjaram novo bode expiatório, para pagar suas contas... A traição num homem é mau...mas numa mulher pior ainda, sou contra a violência sem duvida Mas também sou contra a traição...Ninguém é obrigado a amar o outro, seja ele qual for, mas se não gosta , separa...ai sim pode refazer a sua vida de cabeça erguida, sem medos, mas pegar o touro pelos cornos não é fácil quando se esta habituado a tudo ter e nada fazer. São as quengas mascaradas de senhoras. É tão bom, ter lutas para fazer o dinheiro chegar ao mês, mas poder olhar no espelho e dizer, és velha , feia, mas és honesta contigo e com os outros.

Nenhum comentário: