Seguidores

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Do tempo

Do tempo em tempo que o tempo me dá.
sonho acordada...num sonho onde tudo se mistura,
 altera, neste sonho que contigo divido,
tento imaginar-te , faço a tua imagem...podes rir mas é verdade...
Vivo a sonhar ...tal criança grande que sonha encontrar
 , tudo que a completa.... tu me completas..
tu me ajudas a ser eu mesma sem dares por isso...
 contra tudo e todos...os meus devaneios fecho os olhos,
 imagino-te, de cabelo feito prata, olhos de criança grande ,
ternos e doces, por vezes há uma luz de malicia nesse olhar
 prende o nosso olhar, sabes amo os olhos são a parte que mais me prende
 mais me identifico, talvez por pensar que os olhos não metem...odeio mentiras...
Sigo no sonho da vida ...vivo a sonhar contigo... em te encontrar, deixo minha alma divagar...
Quem és? não sei.
  Sei que vives comigo bem dentro de mim...
aqui onde o coração bate e a cabeça gira feito qual carroçel
 adernalina te faz vibrar  logo o medo te retrai, é controverso mas é real.
Serás consciente? ou inconsciente? não sei...
sei que é contigo que divido angustias...alegrias.... desejos... sim desejos ..
.de cumplicidade, de ternura de companheirismo...
Contigo não quero ter uma casa mas um lar, casas a muitas...lares...poucos muito poucos....Quero ter um dia...a alegria de ter alguém a quem preparar a mesa, a quem dar mimo, a quem acarinhar... porque embora não pareça, sou ainda mulher, estou viva...quero viver....
Como mãe estou plena....como mulher????? deixo muito a desejar...
acho que nunca me senti mulher de verdade. Mulher cúmplice..mulher amada.
Neste campo de sonho, em que me debato, eu sonho...sonho alto...
com a felicidade nossa amiga, companheira.
Quero dormir de cadeirinha....quero o meu beijo de bons dias...
de boas noites ,o meu carinho para dar e receber...
Quero ser eu...quero que sejas tu...
inteiro para fazer ombro com ombro e olhar contigo para o mesmo lado da estrada da vida....
Deixo-vos a fruta gulosa que tem o sabor dos beijos...
dezembro 2010

Nenhum comentário: