Seguidores

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Saudades...

Sinto de pessoas , coisas, lugares que foram passando em minha vida...Do que perdi, do que me perdeu..que soube sempre que ia perder um dia porque quando perdemos alguém ou alguma coisa só perdemos porque nunca foi nosso de verdade.. Mas hoje bateu saudade de ti..de mim...do que queria ou poderia ter sido e não foi... Quase 23 anos...tanto tempo...tempo que me fez crescer que me fez mulher...a mulher que tu nunca quiseste que eu fosse..a mulher que nunca me deste a possibilidade de ser. Hoje passados 23 anos, ou quase ja tomei consciência de que afinal nunca fomos felizes de verdade, vivia mos numa bolha, que era o nosso mundo , ou talvez o mundo que inventaste para mim, sempre me chamas-te "miuda" sempre me viste assim... Aos teus olhos embora tua mulher , nunca foi mulher, mas sempre "miúda"... já sofri por causa disso,hoje, não sei se te agradeça ou recrimine, mas eu também errei muito, não foste só tu... Errei quando me fiz de cega, quando me fiz de surda,aos sinais que a vida me dava, eu ignorava, tu era mais importante, tu eras a minha vida, só mais tarde percebi que há santos com pés de barro, que há pessoas muito más. Mas que tu amavas,que só gostam de machucar os outros sem respeito sequer pelo local onde se possa estar...tudo já passou... se soubesses a falta que apesar dos pesares me fazes...se soubesses...sinto falta da cumplicidade , da troca de olhares e saber o que o outro queria, da tua mão de amigo, pois tu foste durante anos a pessoa que daria tudo pela tua vida, se era amor? não sei...mas, era sobretudo de muito respeito, ternura, de uma amizade sem limites..não há maior e melhor amor que o da amizade... Sabes sinto falta, da minha outra asa, que como sabes só a tive muito pouco tempo, quase nulo, sinto falta de viver tudo que a vida me negou..que tu me negas-te... Estarás sempre dentro de mim, das minhas lembranças, como o meu maior amigo, meu companheiro, o pai melhor que os nossos filhos poderiam ter tido...o homem que durante anos amei,estejas onde estiveres terás sempre a minha amizade mais sincera. Obrigado pelos filhos maravilhosos que me deste

Um comentário:

Theo Ferraz disse...

" Profundamente belas expressões " !