Seguidores

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

O dia esta a findar...um dia igual a tantos outros, ou talvez não, não sei dizer ao certo... Aos poucos vou aprendendo a ver que afinal há muita gente como eu, com vidas inacabadas porque algo falhou, algo que não saberia dizer o quê, pessoas boas , mas que a vida tornou mais desconfiados de tudo e todos... Ainda felizmente, a minha confiança nas pessoas não foi assim tão afectada, penso eu, ainda sei confiar, se não me derem motivos serios para duvidar, ainda saberia estender os braços para aquele abraço sincero, ainda saberia... Mas, vejo que à pessoas boas, mas que a vida por algum motivo que desconheço as fez desconfiadas.. Outras, para quem a vida se tornou um calvario... se culpam de tudo que acontesse a sua volta, sem na verdade, terem culpa de coisa alguma, sentem-se impotentes para ajudar a resolver os problemas de quem amam,eu assisto a tudo sem poder fazer seja o que for para ajudar, não tenho essa possibilidade...essa capacidade... Fico aqui, caladinha só observando o que vai a minha volta, a volta do mundo. Queria estender as maõs e dizer tenham calma, a vida é o reflexo do que sentimos, acho que muito parecida como quando se chega ao alto de uma serra e gritas, passados breves segundos, como por magia ouves o teu proprio grito..queria poder dizer calma, vamos sorrir a vida, confiar em tudo do universo amanhã é outro dia... Mas também conheço pessoas maravilhosas cheias de força de vida, onde aprendo, onde vou beber água de vida,onde o sorriso essa arma maravilhosa que tudo faz tudo ilumina, faz tão bem a quem recebe, não custa nada a quem o dá,mas...cuidado que ele seja sincero e cheio da vontade propria que só a amizade sabe dar...

2 comentários:

Diamantino disse...

Gostei deste texto.

armalu,blogspot.com disse...

obrigado amigo. abraço