Seguidores

quarta-feira, 16 de maio de 2012

quero...

Neste tempo em tempo, que a vida nos dá, eu passo sem ver que estou a perder, o tempo, a vida que um dia me deram.
Quero o que não tenho ... nem o posso ter, porque meu coração criança rebelde...ama quem não deve.
Olho para o espaço que fica , entre o querer e o poder estou manietada... por algo invisível, não posso lutar por aquilo que quero...tenho de esperar... esperar...sempre esperar...e este vazio que mora dentro de mim...
esta saudade, esta esperança também...de que um  dia algo mude...que tu venhas...embora saiba que que nunca virás, pois ficaria sempre um pedaço grande grande de ti ai...
Como eu queria ser capaz de fazer o que tu fazes....como eu queria ser capaz de amar outra pessoa e com ela dividir o dia a dia...com ela viver o que tu vives...dormir e acordar ao seu lado...e te poder dizer enganei-me não é contigo a ti que amo, mas a este com quem divido a minha vida...quero acreditar que ainda vai ser possível...se o for não me acuses, pois te falei com todo o coração, te amo... te amo muito apesar de tu não quereres....

Nenhum comentário: