Seguidores

domingo, 25 de março de 2012

Começo a pensar ...em tudo e em nada,. tudo que queria ter e dar-te, nada que nunca terei.
A vida esta a jogar comigo á cabra cega, como eu jogava quando era criança, tu jogas-te também ou nem por isso??? agora pouco importa.
Sinto a tua falta, sinto a falta de caminhar pelos campos de mão na mão, de olhar e te ver sorrir...um sorriso que imagino mas não vejo... como era bom poder sonhar contigo, olhar os campo, feito menina velha, mas que nem por isso deixa de sonhar, e nem por isso deixo de desejar , com a mesma intensidade, o mesmo querer , porque o meu coração ainda sabe amar, meu corpo talvez não, mas minha alma sim...sim...sim... mas um amar puro tranquilo, sem devaneios ou sobressaltos..o dormir de conchinha  sentindo o corpo amado ao nosso lado.
Para que sonhas coração? ... talvez porque sonhar ainda é permitido...ou não será? não sei. Mas sei que sonho um sonho sem rosto, um querer sem sentir, porque  nada tenho... além desta vontade de amar de acarinhar de mimar...sou assim fazer o quê??? sonhar e caminhar sozinha...sempre foi assim... E vivo nesta corda bamba, neste  quase cair e levantar, porque a corda da vida não consegue , fazer-me deixar de sonhar  

Nenhum comentário: