Seguidores

sábado, 24 de março de 2012

Chove uma chuva de mansinho suave... tal como eu te imaginei...Como eu queria que tu fosses, suave, terno, cúmplice,amigo...Sonhei e custou adormecer, tinha uma imagem imaginaria dentro de mim...um sorriso que muitas vezes eu imaginava mais um esgar. mas queria acreditar na minha imaginação, na minha vontade...
mas tudo comigo é assim, tudo comigo parece ser, mas no fundo é só parece,não passo de uma menina velha que não viveu, que sempre teve medo de sonhar para quem os sonhos de agora viram pesadelos...
Mas foi bom estar contigo, foi bom sonhar contigo, o pior é que a seguir ao sonho vem o acordar.
Olho para traz, e vejo a desilusão, a tormenta de estar só, queria pensava que podia, sonhar contigo, mas se tu és sonho...logo não existes, agora logo e sempre serás apenas, um sonho... que não tenho o direito de sonhar

Nenhum comentário: