Seguidores

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Acabaram-me de me dizer se te apetecer falar... Tenho necessidade de falar, deitar para fora esta angustia que não conto a ninguém, este estar só, esta saudade. Mas não falo me calo e guardo tudo dentro do meu peito.
Este peito que tem um coração , que grita por ti sem fazer barulho, que te chama em silêncio, na esperança que o ouças, fales ou venhas receber o seu carinho....
Mas sei , não viras nunca teu orgulho não deixa. Eu não vou pois que não seria bem vinda.

Deixa estar amigo, para que queres quem te despreza? quem não te entende? quem só vê o que tens de mau e esquece que também vibras, e sentes o amor dentro de ti, nele pois todo tu és ele, ele que nem se lembra que existes, ele que dizia amar-te e te ignora, ele que disse não ter carinho mas o teu não quer porque o confrontas com o que sentes , lhe dizes o que não esta habituado a ouvir porque vive no mar da indiferença, do tá se bem, estado tudo mal. Tu não sabes nem queres aprender a viver assim, tu queres tudo ou nada, deram-te o nada por resposta. Aprende a viver assim . Lembra-te amanhã é outro dia, e outro dia virá, sabes que vão sempre doridos pois não tens o seu carinho o seu abraço,sabes que era o teu oxigénio custa a viver sem ele ...nada podes fazer aprende a viver assim, esquece o mundo, e vive ou vegeta mas sem ele...Nada podes fazer fizeste tudo o que podias engoliste o teu orgulho, aceitaste o que pensavas impensável, aprendeste o que nem sabias existir, agora é a vez dele, ou vem de vez ou nunca vem tens de saber aceitar o que a vida resolver, tu só tens de te manter firme no posto que te deram, nada mais...

Nenhum comentário: