Seguidores

domingo, 1 de janeiro de 2012

São 3 da manhã. O sono não vem.
Fico olhando pela vidraça, sem saber ao certo o que quero ver, se quero ver alguma coisa ,que não esteja bem dentro de mim guardado, fechado, mas não adormecido.
A vida corre,  eu fico aqui, parada no tempo e no espaço.
Quero força. Quero paz. Preciso de ter tudo isso para seguir andando, ao encontro de um sonho, sim eu também sonho, nem que seja pesadelos.
Olho, e vejo o céu estrelado, procuro uma estrela, a minha estrela guia, não a vejo, mas sei que ela estará em algum lugar.  Dou comigo como que a fazer uma prece... eu que não sou  crente... eu que me dizia ateu..eu que apenas queria a minha estrela...
A estrela da esperança no novo dia que ai vem, a esperança , que a vida  as coisas, as lutas do dia a dia se resolvam....
Eu apenas queria amar e ser amada, eu que apenas queria e quero ser feliz contigo, sem mais nada que não sejas tu. Quem és? não sei. Onde estas? não sei.
Mas sei que te sinto dentro do meu peito, que te beijo fechando os olhos para que as nossas almas se
cruzem,  e nossos corpos se toquem.
Sinto que é de noite, que mais sonho , e mais estou perto de ti...
Ancora que salva o naufrago, que o traz para terra...ou o lança ao mar..

3 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindo e que teu 2012 seja muito lindo também!beijos,chica

Juliana Carla disse...

Boa noite querida!

Quando não há presença, sonhamos à noite. É quando desligamos de outras pessoas para o momento particular. Se há presença, o dia, a noite. Se for um querer e não poder, a solidão.

Bjuxxx e xerooo

Juliana Carla
brailledalma.blogspot.com

Ao toque do Amor disse...

Olá
Vim,agradecer sua visita e por deixar o seu toque carinhoso.
Hoje, quero dividir minha alegria com você. O Toque completou 62 mil visitas e eu te ofereço um selo comemorativo.
com carinho
san.