Seguidores

sábado, 29 de outubro de 2011

O sol voltou, envergonhado, parecendo criança que apronto arte, mas voltou.
Como a dar alento, a mostrar que a vida pode ser mais bela, mais feliz quando ele reina.
Hoje sábado. Sempre ouvi dizer que não há sábado em sol nem domingo sem missa, o que não é verdade.
Sábado Domingo. Os dias piores . Os mais tristes para quem como eu vive sozinho. Sozinho porque não quero viver a vida de ninguém, e talvez a vida que eu queria não pode ser minha.
Só queremos o que não podemos. Mas muitas vezes , o que podemos não queremos.
Mas com este sol, a convidar-me vai para a rua não lhe vou resistir e vou, passear ver os campos, caminhar cansar-me um pouco, assim não penso.
Preciso de andar, os anos não podem impedir-me de ser eu, o tempo é meu aliado, vou andar tirar uma fotos do que me chamar atenção, para vos mostrar como podemos transformar um dia super chato num dia mais leve mais sereno.

Um comentário:

VeraBruxa disse...

Olá!
Este texto contribuiu com meu dia, pois um sol tímido me espia pela janela dizendo vem sentir o meu calor.
Abraço