Seguidores

domingo, 30 de outubro de 2011


Nesta noite especial, noite em que muita gente brinca, mas noites das bruxas, eu dou comigo a pensar, e a lembrar uma velha historia.

Quando era miúda, minha mãe dizia muitas vezes a preposito de me chamar atenção , para que nem todos vemos as coisas pelo mesmo prisma.
Contava a historia de um barquinho que deixa o porto , e vai mar dentro, os que ficam em terra muitas vezes choram, porque o perdem de vista, sem saber o que aconteceu, enquanto noutro ponto alguém os vê chegar e fazem a festa, e assim é a vida enquanto uns choram outros riem, uns partem outros chegam.
Assim é a vida da gente, quem sabe chore para outros rirem... é a lei da vida e das coisas.
Vou tentar lembrar da historia de minha mãe.
 Meu pai dizia que eu era café, por ser frontal, por nunca fugir aos meus sentimentos, por me fortalecer mas minhas fraquezas.
 Hoje mais que nunca, tenho de me lembrar disso  lembrar, o que os meus bons velhinhos me ensinaram .Fazer uso do que aprendi.

5 comentários:

Ao toque do Amor disse...

À você, que é seguidor (a) do Toque, ofereço com carinho
mimos que marcam a alegria destes 5 anos .
Na paz de Jesus
san

VeraBruxa disse...

Lembranças do que nos fizeram ser o que somos...
Abraço.

RosanAzul disse...

Uma linda mensagem trazida pela tuas belas lembranças minha amiga!
Um bom fim de semana!
Abraços, rosana

RosanAzul disse...

Uma linda mensagem trazida pela tuas belas lembranças minha amiga!
Um bom fim de semana!
Abraços, rosana

FLORISTERIA LA PLAZA disse...

Precioso, me emocionas. Un abrazo