Pular para o conteúdo principal
Já em tempos falei, neste viver ou sobreviver.
Hoje, nesta noite, em que a chuva fustiga o vidro da janela, aqui do quarto, não consigo ficar indiferente.
Como iram passar os sem abrigo? E são tantos...
Pessoas que por um motivo ou por outro, foram parar a rua fazendo delas a sua casa. Perderam o aconchego  dos seus familiares e amigos.
E com tudo isso o ter um prato de comida, quente, que lhe aqueça a alma.
Nesta noite de chuva e frio. Não posso deixar de abordar o assunto.e de me sentir triste com tudo isto.
 Todo o contesto que nos cerca, o desemprego a carência que todos nós de um modo ou de outro.
 Mas eles o sem abrigo, como passarão a noite?!
E as crianças?. Crianças que começam a lutar pela vida da maneira mais dura.Nós, apesar da luta ser dura nem nos apercebemos, como somos preveligiados, temos um cantinho.
Dormimos numa cama quentinha . Uns ao lado de quem amam, e dos filhos,  nem se dão contadas dificuldades, sofrimento dos que nada tem, tendo  por tecto as estrelas, por cama as pedras da calçada, por edredon, uma caixa de cartão.
Sem um carinho , um beijo um abraço, que revigora a alma.
As vezes  um abraço, uma palavra amiga pode ser uma ajuda preciosa, num momento de angustia e solidão.
que todos nós juntos  tenhamos a coragem de olhar enfrentar e dar, nem que seja só um gesto ou palavra de conforto.

Comentários

VeraBruxa disse…
Passo prá dizer olá e divulgar trabalho da minha nora: www.buchholz.com.br
Um gesto de carinho transforma.
Abraço.

Postagens mais visitadas deste blog

Bom dia Amigos!!!!!!

Pois é hoje estou de volta. Estou melhor, meu filho e minha nora foram os meus enfermeiros de serviço,  a eles devo esta recuperação tão acentuada e gostoso.  Obrigada filhotes eu vos amo, e agradeço todo o cuidado que me dispensaram. Mas também minha alma esta mais leve, mais feliz sinto-me com uma fenix, se deve ter sentido ao renascer das cinzas, em conjunto com alguém que me é muito querido e especial, ( nada de pensamentos  atrevidos ) andamos a arrumar as nossas gavetas interiores, a nossa cabeça, e foi óptimo. Deu-me alento e força para mudar umas quantas coisinhas mal resolvidas na minha cabeça. Apesar de ter faltado a escola, fartei-me de estudar, e de recolher informação. Terça-feira já lá vou se Deus quiser. Vou dar a volta, andar um bocadinho só me faz bem, vou fazer uma volta mais pequena que a tua, mas vou andar cerca de 1hora depois venho tomar uma grande banhoca e seguir o resto do dia, se não viesse aqui falar um pouco com os meus amigos /as não ficava bem , ama-vos a todos…

uma verdade grande

Quem sabe?

Nem sempre a vida é o que esperamos,
nem sempre o teu abraço, fica o laço
que pende e encanta,
nem sempre, o que quero é melhor
que avida me dá.
Fico quieta, espero calada
quem sabe a vida faça o joga certo
coloque as peças....
Cole o coração  para que caiba todo
em tua mão.LR