Seguidores

sábado, 30 de julho de 2011

Como é bom rever amigos! amigos do coração.
Ando num mar de duvidas que quero combater, ando meio ao sabor de ventos e mares. Mas uma coisa não consigo alterar, o sentimento que nasceu em mim, e que por mais que tente e já tentei varias vezes colmatar, ele é mais forte, mais poderoso.
Um dia um amigo me disse que eu era o elo mais franco, como queria que estivesse enganado, mas não esta, é verdade . Não esta. E eu estou consciente disso tudo e muito mais. Mais é uma semente que germinou em mim e não tenho como arrancar do meu peito.
Francamente nem sei se quereria que murcha-se, pois apesar de pequenina frágil, quase insignificante, é o meu mundo, o meu tesouro guardado dentro do peito, e é nessa frágil semente que germinou e virou flor  que vou buscar alegria para viver os meus dias.
Vivo pendente, dessa flor e desse sol que irradia os meus dias, não tenho um sol pleno, um sol radioso como sonhei, tenho o seu brilho, que me entra pela janela e me aquece o coração.
Por vezes temos de aprender a viver com o que é possível ter, e não com o que ambicionava ter,
e com sempre ouvi dizer que vale mais um pássaro na mão que dois a voar, eu ficando com as migalhas de felicidade que a vida me oferece. O teu carinho.

3 comentários:

Fatima disse...

Ótima semana pro cê!
Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Armalu
Realmente é muito bom rever amigos. Voltei para rever todos vocês.
Obrigado pelo carinho.
Bjux

AC Rangel disse...

Viver com o que é possível ter e não com o que queríamos ter é, com certeza, andar, caminhar em direção a uma vida mais feliz, entendendo-se felicidade como viver-se de verdades e não de falsidades,.
Não mude, minha querida amiga, nada em sua forma de encarar a vida. Ser o lado mais fraco não significa ser infeliz ou inferior. Ser o lado mais fraco significa ser a que tem mais sentimentos e verdades e carinhos e vida...
Muito obrigado pelos cumprimentos que me enviaste e saiba que você conquistou um grande pedaço do meu coração de da minha alma. Da almatua...

beijo