Pular para o conteúdo principal

Falar sem dizer nada, numa noite fria e chata, em que tudo parece, brincar na nossa frente. Tento esquecer-te. Tento esquecer que um dia foste o meu tudo.
 Tento, mas, o teu rosto parece estar em todas as direções para onde viro o meu olhar.
O silêncio é o mais profundo que possas imaginar, apenas quebrado aqui, ou além. pelo piar do mocho.
Tento abstrair-me, não pensar em nada, como é possível estando tão longe te sentir tão perto.
Imagino-te a dormir, quase posso ouvir o teu respirar sereno.
São 4horas, mais 4 me esperam, e só te tenho a ti por companhia,  uma companhia que por mais que a queira, nunca será minha, já que cheguei a este ponto, já que me disseste, não quero.
 Por mais que minha alma grite, meu coração sangre, vou fazer-te a vontade.
Sumir da tua vida, vida da qual não faço parte.
Sonhei que tive a parte da vida um do outro, ainda que á distância. Enganei-me.
No silencio, apenas eu e meus pensamentos, afinal só eu e eu imaginando o tu, um tu que não existe, um tu criado por um coração apaixonado, que mais não queria que o amor de um tu criado por ele, um tu imaginário, um tu que só nos meus sonhos mais doces, existiu de verdade.
Tinha deixado uma amiga de longa data, a minha amiga solidão, talvez ela volte a ser a companheira de muitas horas.
As teclas as confidentes, dos momentos que vão passando em minha vida. Tu a ilusão, de quem já não devia acreditar na ilusão.
Mas não sei viver sem sonhos, sonho com tanta coisa, ao mesmo tempo, sonho ver o mundo sem guerras, os homens sem fome, as mulheres respeitadas, na sua condição mais básica, estou a lembrar-me das que são por caris de ética, e outras tantas.
E os homens também, muitas vezes presos a sentimentos ou valores, que lhes tiram toda a possibilidade de serem felizes.
 Digo eu, se calhar nem é bem assim, mas nesta noite, sozinha no silêncio desta noite in terminável, tudo penso.
Mas, sei também como tudo é temporário, a noite da lugar ao dia, como tristeza um dia dará lugar a alegria, tinha de ser assim, avaliarmos o bom e o mau e dar o justo valor a cada coisa.
Não é preciso revoltar-nos com as Coisas da vida, tudo é uma aprendiz agem, eu tento aprender com as lições que recebo.
Aceito o que resolvem para mim, a vida tem coisas que eu não entendo, mas se é um cálice que eu tenho de beber, que seja.

A tua ausência está a ser muito dolorosa, mas é assim, a dor é muito profunda, mas se estiveres bem tudo, o que mais conta é a tua felicidade.ponto, 

Comentários

oi passei pelo seu cantinho e gostei muito e me tornei sua seguidora parabens voltarei mais vezes neste encanto que é seu blog.se vc quiser logico me fazer uma visitinha ao meu cantinho ficarei muito feliz com sua presença e te ofereço meus selinhos que estao do lado esquerdo do meu blog bjos e tenha um inicio de semana cheio de alegrias
MEU BLOG: http://marciacarlos.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo

O Tempo vai passando....
leva e traz pedacinhos, momentos vividos em algum lugar.
coisas que ficaram gravadas na mente , no coração de quem viveu...vive e sente....
Assim de repente, o mundo se agita, tudo toma cor.
Só porque encontramos pedaços, escritos, tlvez vividos, por alguém a quem nunca deixamos de amar.
A vida é assim.
Algures noutra galaxia, tal a imensidão da distancia que vamos ficando uns dos outros...um do outro.
Agora , ao entrar no teu tempo, recordo o meu tempo....o nosso tempo.
Tão curto e tão belo...para quem o sentiu, será sempre enexquecivel.
Pois quando se ama é para toda a vida.LR

era uma vez

Há imensas historias que começam era uma vez. Reais que retratam factos verídicos, outras nem tanto.
Esta historia poderia ser uma mistura de realidade e ficção, porque nem sempre é fácil reconhecer que erramos, vamos levando a vida a pensar mais nos outros que em nós. Não por ser boa ou má, só por covardia, por medo de magoar quem um dia demos vida, deveria ter a coragem de esquecer a outra parte de mim.
Uma vez parece que se ainda se consegue, é tão doce o abraço de um filho, sem duvida que é, só que embora importante não nos completa por inteiro.
Nos momentos de maior solidão, falta a mão que segura a tua, sem palavras, só um doce apertar que te diz estou aqui, não estás só, isso não tem dinheiro que pague, só que o abraço de um filho também não, ai vem a duvida terei direito a ir viver minha vida, e magoar os outros?
Fica aqui num cantinho da tua cabeça, e parece matraca insistente na pergunta, sem dares conta continuas dia após dia na mesma duvida, os dias deram lu…

teu olhar

Aqui me encontro, me perco, sem saber ao certo
o rumo a seguir.
A vida é assim ....há que ter esperança
no dia que vai nascer, em ti também....
ainda não sei o rumo a seguir....
só sei que por mais que  tente tirar-te de mim...
estas colado não sei que fazer quero esquecer
que um dia  vivi um sonho um sonho , só meu...
quero acabar com este querer, este sentir...
recordo o teu rosto, teu olhar gaito
de menino grande....
hoje o tempo passou, só este amor
o tempo não leva.LR.