Seguidores

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Força RODRIGO

Daqui da janela do meu quarto, tenho como pano de fundo, a serra ao longe, e a minha aldeia, onde as paisagens, são as terras cultivadas de pomares, e vinhas.
Aqui , cada dia mais eu gosto de ver a serra, é linda a nossa serra.
Aqui também , acontece o que ninguém espera, e desta vez foi um acidente ... em que uma criança o Rodrigo, ficou mal, muito mal.
Quero pedir a todos uma oração por aquele garoto, uma criança, penso que completou 10 anos a dias.
O Rodrigo precisa que se faça uma corrente de oração, ele é muito jovem, jovem demais para partir... para nos deixar ... Rodrigo tu és forte... e a todos sem excepções fazes falta. Força Rodrigo todos estamos contigo.
Queremos ver-te em breve novamente no karaoke a cantar e a encantar.
Para todos os que se unirem nesta corrente em prol do Rodrigo , os meus agradecimentos. Bem hajam por isso . Uma velinha por ele para que tenha muita luz, e esteja em breve connosco.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Continuando a falar da minha aldeia, trago-vos a aldeia, trago-vos  uma amostra uma amostra, da Umbanda.
Como toda a gente sabe é uma Religião Afro-Brasileira, mas com muitos seguidores em Portugal, eu sou frequentadora, assídua, mas não pertenço.
Mas adoro lá ir, tudo me lembra África, tudo me lembra Angola. Os atabaques...as melodias... tudo.
Todos cantamos e dançamos, é uma alegria.
Talvez amanhã vos traga imagens da igreja católica, temos uma Igreja pequenina mas muito bonita, eu vou aos dois lados , mas mais a umbanba.
Como vos disse no meu perfil, sou catolica, mas iniciar Umbanda.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

OLHOS

Queria falar de muita coisa, falar deste tempo, onde o vento parece fazer vendavais.
onde as pessoas se esquecem que são pessoas e são tudo menos isso.
Por aqui o frio é intenso, mas o mais difícil de suportar, é aquele que vem da alma. aquele que fustiga.
As árvores, dançam, num ritmo assustador como assustador, é o monstro da dor e solidão, que arrebata muita gente.
Gente, que sonhou um dia, um sonho de amor e ternura.
Olho ao redor,e deixo voar o meu ser, deixo... deixo... e no meio do vento... da chuva... e da solidão eu vejo
nos olhos de alguém.
O mesmo , que vejo nos olhos de outra pessoa...perdida... sózinha.... e só o vento... frio agreste...
na dança das árvores e dos campos, onde o chão coberto de laranjas, e outros citrinos....toma uma tonalidade diferente...e os olhos que antes... refletiam a doçura, a ternura...porque não cumplicidade....
estão ausentes olhão sem ver... a dor espelhada...onde antes sorriam...LR

domingo, 23 de janeiro de 2011

Tenho falado muito de mim, do meu sentir , do meu ser , sobre tudo do meu estado de alma. 
Foi uma fase que julgo ultrapassada, estou a querer guardar para mim, tudo o que de bom ou mau , se vier a passar, ou a sentir.
Vou voltar a falar-vos e mostrar coisas da minha aldeia.
Ainda que atrasada, venho mostra o presépio colectivo da aldeia, feito no largo proximo do posto médico e da associação, ou seja o cafézinho aqui da terra .
como sabem fica junto a serra, mas tem sempre uma beleza especial, esta terra talvez por ser uma zona de muitos pomares.
Agora já os campos estão enfeitados de parece que alguma bordadora mágica, os andou a enfeitar, dando-lhe matizes de varias cores , que vos mostrarei amanhã.
Eu acho lindo. Adoro estes campos, estas terras. São duma beleza agreste. Aqui ainda não chegou o dito  progresso em nome do qual se destroí , a natureza e se constroí torres de cimento.
Aqui ainda se vive, na paz do dia a dia sem medos.... nem rancores.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

AS VEZES...

Muitas vezes, cometemos erros.
Muitas vezes, sem nos dar-mos conta comentemos injustiças.
De tanto querer tanto gostar de alguém, somos por vezes demasiado senciveis, a coisas que de pois nos apercebermos, não terem sido feitas, com intenção de ferir ou magoar.
Eu já tenho estado dos dois lados da barricada, e portanto, penso saber... o quanto mal nos fazem sentir tais situações.
Mas porque , há um sentimento lindo e profundo, que une a humanidade,as vezes não tanto como deveria, nas existe...embora muitos de nós , pensem que não.
 O Amor, esse senhor que inunda as nossas almas e umas vezes, nos faz  rir de tudo e de nada... outras , em que nossos olhos viram rios, e nos lavam a alma.
Alma , que já não temos a entregamos a um amor , um amor  todo ele feito de ternura, de paixão... mas que  nos leva a ver o que não queremos, e a ser  demasiado exigente no seu querer...
Que o Amor embora controverso nos una a todos com sua chama, de gloria, e que Deus dê a todos por igual , a hipotese, de um dia, todos sem excepções, sentir  esse bem maior, inundar todo o  meu ser.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Desilusão

As vezes pensamos, e até acreditamos, que as coisas não vão ser assim. Coisas simples... que poderia chamar quase banais, não fossem elas vindas das pessoas que amamos... são gestos , ou omições... que por virem , de certos lugares nos magoa...
Pensamos que podemos confiar plenamente... e na volta... tudo muda como por ferfida magia ... quando
tudo se desmorona, e vai ... desaparece... fica esta sensação de vazio... de traição...  é como se te arrancassem um pouco de ti... dos teus sonhos... dos teus quereres.
Afinal em quem podemos confiar??? que amigos são estes que temos ( graças a Deus não todos), amigos ...
que amamos... e na primeira oportunidade... nos apunhalam
Tirando-nos a possibilidade... de ir onde gostava em horas menos boas

domingo, 16 de janeiro de 2011

dar

Sem nos darmos conta já vamos a meio do mês de Janeiro.
Sem nos darmos conta, o tempo lá vai levando e trazendo , um pouco de tudo, ou talvez de nada.
Mas percebemos, esta dentro de nós, nosso sentir, nosso viver... nas nossas escolhas certas ou erradas...são as minhas escolhas...mas se um dia choro... no outro sorriu.... porque não posso ter o que nunca foi meu... mas sei , que Deus é meu pai ...acredito... que um dia talvez... quem sabe?
Que bom seria que fosse amanhã, mas será só quando a vida quiser...se ela quiser...nós queremos ou eu quero, que importa? o que importa é que esteja bem ... sereno feliz...isso é que importante...
O resto... é apenas isso resto... amar ...é repartir é dar tudo de nós, em prol de alguém... saibamos pois todos dar um pouquinho, de nós mesmos... quem sabe o mundo se torne mais humano... mais carinhoso...mais feliz...andamos todos demasiado ocupados a olhar para o nosso umbigo.
Vamos olhar para o do outro... e quem sabe vamos aprender a ver.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

que frio...

Neste tempo , de frio em que  aqui pelo menos está um frio dos diabos.
hoje, então, meus amigos esta demais.
Mas nem tudo é frio, nem tudo é desagradavel, nem tudo e mau.
Como tudo na vida , são fases e a minha esta em fase de ascensão, por nada de especial, apenas porque estou viva, e tenho a ventura de finalmente estar mais perto da minha neta.
Aos poucos vamos nos reaproximando, que coisa boa acreditem.
Minha vida emocional esta optima, ou pelo menos , mais serena.
Sinto-me viva...viva em plena pujança... até porque acordo viva todos os dias, a natureza esta em transformação, os campos começam a cobrir-se de verde... o verde da esperança... o verde da vida....e quem como eu viveu tantos anos , sem sequer olhar o céu, as estrelas... de repente... vejo-me a olhar coisas que estando ao meu lado , não as via...passavam despercebidas, hoje e graças ao amor que me inunda, tudo tem um sabor muito especial, algo lindo parece querer finalmente, ficar na minha vida.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

o joga da vida

A vida joga connosco um jogo de cabra cega.
Ela mostra...ela se esconde. E nós simples mortais, andamos ao sabor , desse é... não é...e muitas vezes não sabemos o que pensar... num dia o sol brilha radioso..no outro o céu é nublado...
Num dia estamos muitos felizes, no outro já nem tanto, é a vida.
Mas como taurina que sou, e apesar dos meus defeitos ... à coisas, que muito respeito e não abdico...
 ser eu mesma... ser eu inteira... completa...no bom e no menos bom...mas sei que sou eu...reconheço-me ... sei quando errou e magoou ... e daí ... o meu pedir perdão.... porque sei não ser perfeita... porque sei... que ainda tenho a capacidade de reconhecer o meu erro.. e se tomo consciência  que o faço... arrependo-me mas como toda a gente sabe... á coisas que não podemos remediar, estou  a lembrar-me de duas, mais sei serem mais, a palavra dita, e a pedra lançada. 
Sempre fiz questão, de sempre  ser, e nunca parecer , carapaças , uso de quando em vez , quando estou muito triste , e tenho de mostrar que tudo esta bem, para não preocupar  ninguém.
Mas só ai , mas nunca deixando de ser eu mesma. Confio muito nos outros, confio as vezes até demais, mas se amo...amo inteira...  sou eu mesma.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Perdão...

O novo ano , vai passando levando muitos de nós a pensar... a pesquisar o porquê de tanta coisa...
e para minha vergonha, devo confessar, por culpa minha... por minha insegurança... e admito , que sem querer por vezes magoou que mais amo, e não merece.
Acredito que não devo ser única nesta luta.
Quem sabe tu ai?!... não faças como eu fiz o ano que passou.. e até já  neste meti a pata na poça  sem rodeios... me arrependo, é certo...me envergonho... mas o mal já esta feito...
Ano novo vida nova, diz o povo e tem razão... Peço daqui perdão a quem magoei sem saber o que fazia...
sem perceber que a errada era eu. Alguém me ajude a ser melhor... a perder as minhas inseguranças....
e quem amo... o meu abraço, o meu muito obrigado a todos a quem amo e quem me ama... amo-vos mas o meu mau feitio, e mesmo chato

sábado, 1 de janeiro de 2011

ANO NOVO!!!!

Bom dia Ano Novo!!
Sei que és ainda um Bebe, mas que venhas, cheio de amor, cheio de esperanças... 
Sabes todos estamos cheios de  Fé , que ajudes o mundo, a resolver problemas.Todos. Em todas as árias das nossas vidas,... tenho consciência que é uma grande missão, para um bebe.
Mas Ano Novo! tu como criança não tens, os maus hábitos das gentes grandes, todo tu és amorisidade.
Por mim, prometo ajudar-te na missão no que respeita à minha vida , e de quem amo.... sabes a confiança. a alegria... a cumplicidade... vão ser meus companheiros de jornada....e eles vão com certeza trazer-me, as emoções, para viver o dia a dia com serenidade.
Ano novo, que tu sejas sempre belo e querido como  o foste na tua chegada.... sabes... nem todos tiveram alegria de te poder receber em festa... alguns  não tinham , casa nem onde te receber com festa...
outros.... tendo tudo isso, não tinham, nada.. porque a solidão, o desamor, existe ...existe onde todos pensam que tudo são rosas, e nem sequer espinhos eles têm, ano novo, que tragas a coragem, a fé e a força ...para que tudo isso, acabe e as pessoas possam sentir o amor em suas vidas
Ano Novo ! estou muito feliz por te ver chegar, Obrigada vida por mais este ano.., e que todos os que amo cá estejam para te ver partir um dia...