Seguidores

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

estou aqui

Pois é , amigos do coração .
Despedi-me pensei deixar, tudo isto... esquecer.
Não fui capaz, dum lado o querer  ir, doutro o ficar. Mas é difícil o viver nesta dualidade que me assusta.
Vou seguir, por esta estrada...que será da minha vida, estrada ampla, estrada  fria.
Num dia , penso que tudo se vai compor que tudo esta bem, noutro  vem a incerteza, a angustia, o querer...sem saber se algum dia tenho.... mas vou viver o dia de hoje.
Com todas as incertezas... todas as angustias... mas agradecer a Deus... por tudo o que tenho recebido...da  vida... bom ...mau... tudo faz parte da vida...da minha vida.
Estou a seguir o teu conselho, voltar aqui... estar convosco... estar com a vida.
Fazer daqui como uma terapia... sentir o vosso apoio... a vossa força...ter o vosso colo.
Não sei se mereço , mas preciso, encontrar meu rumo certo no andar, é tão difícil... andar neste balouçar, nesta corda bamba, sem cair.

Tudo porque quero viver sem partir as doces   lembranças do sentir...

Um comentário:

Tere disse...

querida amiga, as vezes sito-me assim, como estás. mas não devemos desistir. porque a vida é uma dadiva divina, e temos mais é que agradecer. Deus é maravilhoso. para n´s que acreditamos, e tambem para aqueles que pensam não acreditar. grande beijo tere.