Seguidores

sábado, 14 de agosto de 2010

O Tempo

O tempo passa e no passar, arrasta todo o meu sentir, meu eu inteiro,
Ora de desilusão, ou de algo indefenido ,que doí,
amachuca os meus sentidos.
Como eu queria estar ai nesse lugar, seja ele a onde for, que importa?
Com o tempo
é o tudo e o nada num só tempo,
è a vida, ou a desilusão em que vivemos
na solidão de estar só mesmo no meio da multidão.
minha alma, grita; alma tua, mas não sei quem és nem onde estas
o tempo vai passando de mansinho, sem dar conta
vai levando o meu desanimo
vai-me devolvendo a esperança, assim feito criança meu menino, meu amor eu incrédula vou contigo;
,sem saber para onde vou , o que fazer o que dizer ou pensar, pedacinho do meu céu
vou contigo... nem sei para onde que importa?... é apenas um detalhe
dos muitos que a vida tem.... alma tua... vida minha....tua vida....
triângulo onde deixo o coração. bj

Um comentário:

anita sereno disse...

a vida é uma constante nas nossas vidas
as vezes estamos aqui por outras nem sabemos onde estamos
a saudade doí mas fortalece o amor é sublime para quem sabe usa-lo
e sonhar é parte de nos que viaja onde talvez nunca possamos chegar
com carinho votos de um bom fim de semana