Seguidores

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Minha alma

Minha alma esta leve, um pouco desiludida é certo, mas... bem mais tranquila.
Como costumo dizer , o tempo resolve tudo
Estou como se dentro de mim se tivesse partido alguma coisa, mas a vida é assim mesmo.
Aqui estou no meu cantinho, só com as minhas lembranças, mais recentes, o meu querer mudar
sem ter coragem ;
Por aqui embora um pouco mais calmo, o pesadelo continua, tem ardido área de florestas e não só pois o fogo, tem sido mais que muito, já tivemos aqui em Portugal, 300 e não sei quantos fogos activos. num só dia Para um País como o nosso é muito.
Penso que até eu ardi um pouco, ardi de desanimo, de dor perante a impotência de não poder mudar as coisas , a vida tem destas partidas, vais vivendo tranquila, de repente, acordas e tudo esta fora do lugar dentro da tua cabeça, Teu coração esperneia, mas de mansinho, tens de recolocar tudo no sítio. é muito complicado.
Ficares como se nada se passa-se fria indiferente, não posso, não sei nem quero...
Não sou assim, essa não seria eu;
Vou a luta, esperneio, mas luto, sem ferir seja quem for, mas uso as minhas armas, as armas da razão, as armas do amor e sobretudo de quem o faz a muitos anos sozinha agora tenho um menino que me dá força,
ou talvez não,

Nenhum comentário: