Pular para o conteúdo principal

Mais um dia de calor

O dia promete, o calor continua, o perigo espreita, e o drama parece querer continuar.
Estamos num impasse, graças a Deus aqui no Oeste por agora penso que ainda não houve nada , de muito grave, no que respeita a incêndios, mas no Norte tem sido aterrador.
O Geres parece que é pouco mais que uma memoria, linda dum lugar paradisíaco, era uma serra maravilhosa, com árvores seculares, uma espécie , de pulmão Português, e grande extensão esta reduzida, a cinzas.
Há pessoas que viviam da agricultura viram suas colheitas, e haveres serem pasto das chamas, ficaram sem nada ou quase.
Nosso País é bem pequenino e tem dias de haver 25 fogos, em vários locais, tem-me sido difícil acreditar que haja pessoas capazes de tamanha barbaridade, mas agora vacilo, são fogos a mais para serem expontanios, até de noite têm começado alguns.Só pode ser obra de um louco.
Nem ninguém imagina o que eu gostava que houvesse um dia com chuva para ajudar, todo este drama.
Se olharmos os Noticiários do Mundo, ficamos muito apreensivos pois aqui , é as chamas, no Brasil as chuvas que fizeram o que todo o mundo sabe, muita gente ainda parece que esta a sofrer. Aqui no Oeste foi no Inverno com as ventanias, em que destruio grande parte da agricultura da região.
Noutro parte do mundo as secas que não dão tréguas, e as pessoas vivem dramas imensos com a falta de água. Se fosse dizer tudo seria demasiado extenso e desnecessário pois é do conhecimento Mundial.
Será que ainda não acordamos todos para aprendermos a cuidar do que nos resta, deste planeta?! será que as gerações vindouras não vão ter a possibilidades que todos ou quase nós tivemos ?! podermos olhar este verde lindo, correr pelo prados verdejantes, conhecer animais que muitos deles são sacrificados pelas intémperides e pelo fogo?!
Oh! gente se não gostarem de mais nada, lembrem-se dos vossos filhos que também são prejudicados com tudo isto, os vossos netos, sei lá eu, e antes de destruir , de incendiar de sei lá mais o quê, pensem bem duas vezes talvez, assim talvez os vossos instintos criminosos se desfaçam e deixem esta Natureza linda fluir em todo o seu explendor, e assim garantir um planeta azul de verdade.
Por favor deixem-nos continuar a ter, este céu lindo com estas árvores, maravilhosas .
bj com muito amor e luz em vossas vidas

Comentários

Mara disse…
Bom dia Lurdes.
Eu sou a Mara, aquela que posta no blog Mínimo Ajuste.
Li seus comentários....
Já te mandei dois emails....como não voltaram, pensei que tivesses recebido.Vou te deixar meu email aqui.
Meu nome....Mara Regina Debrassi
Serei teus blogues e te convido para conheceres os meus.....

Lusofonia Poética

http://mdebrassilusofoniapoetica.blogspot.com/

EMOÇÕES

http://mrdebrassi.blogspot.com/

Obrigada pelo carinho e simpatia.

Bjs...

Mara
mrdebrassi@gmail.com
EMOÇÕES disse…
Olá....
Olha eu aqui outra vez!!!
Gostei muito do SEU CANTINHO...
Voltarei mais vezes...
Bjs
AC Rangel disse…
Lurdes, obrigado pela visita tão carinhosa ao meu almatua. Preocupa-me a situação que descreves, de incêndios na mata aí em Portugal. Como dizes, no mundo, atualmente, há uma série de catástrofes: aquelas chuvas no nordeste do Brasil, as chuvas no Paquistão, os incêndios na Rússia e outros. De fato, o homem tem alterado a terra e a natureza parece estar a responder co sua insatisfação.


beijo

Rangel
Isha Shiri disse…
Hello querida amiga!

Nós vivemos tempos difíceis. Avançada tecnologia científica, abundância de conhecimentos, mas ainda tanta miséria e doenças e incompreensão - Os humanos continuam os mesmos; imprudentes, mesquinhos, destruidores. Somos destruidores por natureza, Talvez tenha sido esse o motivo de Elohim, o Pai Eterno, escolher a nós, humanos, para nos ensinar suas leis.
Se refletirmos sobre a passagem na Torah de Noah (Noé), podemos chegar a conclusão de que sempre fomos negligentes com a natureza.

Que a Paz esteja sempre sobre você e sua familia.

Postagens mais visitadas deste blog

Mãe , filha

Mãe!!!
O teu dia vem ai
embora todos os dias,
seja o dia, dos teus dias...
para acariciar, sorrir , amar...
teus bebes....
Neles te revês e cuidas,
desde o acordar ao dormir,
neles , entregas teu dia...
sorriso bonito, emoldura teu rosto
quando se olham nos olhos,
quando teu marido abraça,
beija e brinca com os pedacinhos dos dois
ali, bem a tua frente...
esta um pedacinho de gente.
que dá luz , dá alegria, da força
para vencer  o dia a dia...
Mãe!
Palavra mágica,
que faz vencer, nos dá coragem
são só três letras
juntas com outra que igual tem
apenas 3 , Pai,
Dupla perfeita que faz regaço
num longo abraço
e já são 4 amores eternos
são pais e filhos
no coração, Mãe,
mulher guerreira, tem dentro dela
força e coragem
para dar alento, aos 3 amores....
são sua vida,
 Mãe
também tu és a vida deles
no amor ternura, forte e profundo
do Dady , nos bebes,
mãe também és filha
que duas mães, amam e querem
Mãe obrigado por seres quem ês LR

era uma vez

Há imensas historias que começam era uma vez. Reais que retratam factos verídicos, outras nem tanto.
Esta historia poderia ser uma mistura de realidade e ficção, porque nem sempre é fácil reconhecer que erramos, vamos levando a vida a pensar mais nos outros que em nós. Não por ser boa ou má, só por covardia, por medo de magoar quem um dia demos vida, deveria ter a coragem de esquecer a outra parte de mim.
Uma vez parece que se ainda se consegue, é tão doce o abraço de um filho, sem duvida que é, só que embora importante não nos completa por inteiro.
Nos momentos de maior solidão, falta a mão que segura a tua, sem palavras, só um doce apertar que te diz estou aqui, não estás só, isso não tem dinheiro que pague, só que o abraço de um filho também não, ai vem a duvida terei direito a ir viver minha vida, e magoar os outros?
Fica aqui num cantinho da tua cabeça, e parece matraca insistente na pergunta, sem dares conta continuas dia após dia na mesma duvida, os dias deram lu…
Faz hoje exactamente 27 anos que te vi pela ultima vez.

Que ouvi a tua voz, ali na minha frente, recebi o ultimo abraço, o ultimo beijo, a vida pregou-me uma partida e tanto.
De vez em quando, contavas a historia do teu ajudante, historia que vindo de quem veio me deu verdadeiro ensinamentos, dizia ele (A vida é uma gaita, feliz daquele que a sabe tocar), acredita tal como outrora nunca aprendi a tocar, sempre deixei o coração ser meu guia, sempre...
27 anos, de saudade, busca, falta de tudo que recebia de ti, claro que não falo de sexo
Falo de cumplicidade, ternura, compreensão. Tudo isso acabou no dia que partiste.
Hoje sei que tu partiste, um dia haverá o reencontro, fiz teu luto, a vida seguiu em frente, com mais ou menos turbulência, os dias foram dando lugar a meses, anos.
Hoje sinto-me uma viva morta, viva como mãe, morta como mulher, esqueci que eu existia, esqueci que a vida ia continuar e nunca pensei, no que me dizias estar só e estar meio morto, hoje 27 anos d…