Seguidores

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Para a minha neta querida

Amor estas quase a fazer 12 anos, uma dúzia de anos, em que te queria ter comigo, uma duzia de anos, em que a saudade, foi minha companheira silenciosa, a vida é assim.
Mas quero que saibas que continuas-te sempre dentro do meu coração, neta querida, como quando nasces-te e as duas avós esperaram à porta da maternidade,(a da mãe teve mais sorte pois sempre usufrio da tua companhia viu-te crescer,ama-a muito ela adora-te) para saber de ti e da mãe.
Quando soube que vinhas a caminho foi um dia super feliz,eu ri e chorei de alegria, ia ser avó, e que saudade eu tenho agora, daquela bonequinha que tantas vezes foi buscar ao infantário, a vida neste aspecto foi muito madrasta.
Quando os teus pais se separaram nunca pensei que a vida nos ia separar também.Peço-te aconteça o que acontecer, nunca te esqueças que te amo, muito.
No próximo dia vinte não vou poder uma vez mais te abraçar, mas vou ter-te como sempre estives-te
no meu coração, e desde já recebe o meu abraço carinhoso.
ês e serás sempre a minha Natacha, a minha neta muito amada.
Atì Carla deixo-te os parabéns pela filha linda que Deus nos deu, e pela mãe que sempre foste.
Para ti meu filho, deixo-te aquele abraço que só as mães sabem dar, e não desesperes, de coração
estamos todos juntos como naquele dia de junho.

Nenhum comentário: