Seguidores

terça-feira, 23 de março de 2010

ser Feliz

Quem puderá dizer que o é?
È tudo tão vago, tudo tão vazio, que a alma chorra.
Poderia dizer que sou feliz?!
Não , não se é feliz quando a alma grita e a solidão doí,
Não, não quando a tristeza machuca no peito, olhas ao redor procurando abrigo
procurando alento, e é só solidão.
Não, não se é feliz quando olhamos, e temos uma garra, um nó na garganta,
nem um sorriso no rosto, nem um soluço do peito te saí.
Não não se é feliz quando te sentes só mas só de verdade mesmo no meio da multidaõ.
Fico calada de olhos vazios, sorriso nos labios, mesmo que o peito se rasgue de dor.
escrito em 1991

Nenhum comentário: