Seguidores

quarta-feira, 31 de março de 2010

Não o faço por ser forte

O dia está em declínio, algo em mim esta a mudar.
o quê? não sei; mas sinto!..
sinto meu corpo gelado, do frio que tenho na alma, do querer sem saber se consigo, aquilo que quero, la dentro bem no fundo do meu eu, um segreda vai em frente tu consegues,
o outro que sou tonta.
Mas la dentro , bem dentro de mim mesma há uma luzinha pequenina, que me diz, caminha, procura o teu caminho, não podes parar.
Parar?! Só para morrer, lutar é para vencer, e dar aqueles que amo,o exemplo como herança.
Que por mais doa a vida, tem de se manter a esperança, a fé em Deus nosso pai, que nos ama
sem sabermos, e nos guia sem nós vermos.
Faça eu o que fizer não o faço por ser forte,faço-o sim eu bem o sei, pelo Cristo que na morte, me deu vida para viver, coragem para seguir
caindo andando e sorrindo, sem revolta vou seguindo

Nenhum comentário: