Seguidores

quarta-feira, 24 de março de 2010

Divagando

 Hoje voltei a sentir a necessidade de falar calada, de falar "contigo"amigo silencios que me escuta, sem criticas nem enfados, tantas horas
boas e más, tanto faz, em que tudo, te disse te contei horas vividas entre dois mundos
tão frageis mas tão intensos, o meu eu que todos veem, todos falam, e o outro que nem  eu conheço bem.
Mas sei que ele e eu falamos sempre jogando com as palavras, que não procuro são as que saiem
e me tranquilizam, e me dão maturidade, para poder sorrir e calar, e também saber confiar, amanha talvez porque também eu gosto de olhar as flores dos campos, ouvir os passaros cantar,
e me sentir pequemina e ao mesmo tempo feliz, a vida não me deu nada, mas deu-me tudo
"empresta-me" e eu agradeço a Deus por tudo isso.

Nenhum comentário: