Seguidores

quinta-feira, 4 de março de 2010

De mim para ti

De mim para ti que não sei quem ês nem onde estás, mas quem sabe possas sentir o mesmo que eu
. Este mundo de incertezas, este querer sem nada querer,esta vontade de dizer, estando calada.
Aqui fechada neste mundo que é o meu, e talvez também o teu. Estejas onde estiveres, vou começar a partilhar contigo o meu mundo,buscando conhecer o teu sem outro querer que não sejá podermos mostrar a alguém, que vale a pena dividir partilhar e tentar encontrar nosso lugar neste mundo que é o nosso mundo.

Um comentário:

O tempo que passa disse...

Não posso de deixar de pensar, que o destino por vezes zomba de nós, por nos atrazar nos nossos caminhos. Quando chegamos ao nosso destino, encontramos a porta fechada, do lar que esse mesmo destino nos reservou, que ironia atroz.